32.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

Insistência pelo poder? Inelegível até 2030 por decisão da justiça, Wanderlan Sampaio continua com pré-campanha para prefeitura de Autazes

Mesmo com a série de impedimentos que colocam seus planos de retornar ao cargo em risco, Wanderley não tem agradado o eleitorado da cidade

Por

Desde a última decisão judicial do Tribunal de Contas da União (TCU), que negou o pedido de liminar de agravo de instrumento no dia 24 de maio, como noticiado pelo O Convergente, o ex-prefeito de Autazes, Wanderlan Sampaio (União Brasil), mesmo inelegível até 2030, segue como pré-candidato no município para o pleito de 2024.

Wanderlan, que já foi prefeito por duas vezes na cidade, quer retomar a gestão com Wanderlan Baixinho, seu pré-candidato a vice, usando a hashtag “unidos num só propósito” nas redes sociais. Em seu perfil, o ex-prefeito tem registrado várias visitas pelas comunidades de Autazes e pontuado problemas de habitação, infraestrutura e saneamento básico.

A defesa de Sampaio alegou que ele não teve a chance de se defender adequadamente das acusações de desvio de verbas públicas. Eles afirmam que as notificações dos processos foram enviadas para a sede da prefeitura, mas, por determinação de seu sucessor, não foram repassadas ao ex-prefeito.

Mesmo com a série de impedimentos que colocam seus planos de retornar ao cargo em risco, Wanderley não tem agradado o eleitorado da cidade, conforme levantamento da última pesquisa de intenção de voto na cidade, realizada pelo Instituto Pontual e noticiado pelo O Convergente.

O estudo, realizado entre 30 de maio e 2 de junho, apontou que o pré-candidato a prefeito de Autazes, Thomé Neto, lidera o cenário em primeiro lugar com 53,4% das intenções de voto do eleitorado na cidade, deixando Wanderlan Sampaio na segunda posição com 34,2%, o que aparentemente não tem tido apoio da população nesta corrida eleitoral.

Na época em que foi realizada, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número AM-07117/2024, conforme exige a legislação vigente, e seguiu rigorosamente os métodos necessários para cumprir todas as resoluções específicas. Essa amostra consistiu em 380 entrevistas presenciais, resultando em uma margem de erro de 5% e um intervalo de confiança de 95%.

Outro lado

A reportagem entrou em contato com a assessoria de Wanderlan Sampaio através de aplicativo de mensagens instantâneas e também pelo Instagram. Procuramos respostas sobre os questionamentos da inelegibilidade que o impede de participar do processo eleitoral deste ano, bem como sobre a pré-campanha que vem realizando em Autazes.

Após estipular um prazo para o encaminhamento de uma nota, o jornalismo do O Convergente não obteve retorno até o fechamento desta edição. O direito de resposta segue aberto.

Ilustração: Marcus Reis

Leia mais: Após decisão do STF, Câmara cria comissão para analisar PEC das Drogas

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -