26.3 C
Manaus
terça-feira, abril 23, 2024

PEC que limita ações do STF pode ficar parada até fevereiro na Câmara

Nos bastidores, Arthur Lira afirma que não há tempo, este ano, para debater sobre a PEC

Por

Na Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os poderes do Supremo Tribunal Federal (STF) deve ficar parada na Câmara pelo menos até fevereiro do ano que vem. De aocrdo com o UOL, o o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse não haver tempo para a Casa apreciar a PEC em 2023.

A PEC foi aprovada pelo Senado nesta semana, no entanto, a justificativa oficial para que a Câmara demore a decidir sobre a PEC é de que as pautas da Casa estão carregada com votações de projetos da agenda econômica do governo Lula, que incluem a reforma tributária e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Informações de bastidores apontam que Arthur Lira tem dito que a proposta não é prioridade e terá um rito de tramitação normal. Entretanto, seus aliados admitem que Lira dificilmente entrará em confronto com o Supremo.

A reportagem também apontou que Lira pode ser pressionado pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e pelas bancadas da bala e dos evangélicos a levar ao plenário a PEC que limita poderes do Supremo.

*Com informações do UOL

Leia mais: “Essa Corte não se compõe de covardes nem de medrosos”, dispara Moraes após aprovação de PEC que limita ações do STF

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -