34.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Após fala de secretário sobre atraso de salários por crise financeira, Denarium anuncia pagamento de servidores públicos

O Ministério Público chegou a determinar a exoneração de servidores estaduais devido ao Governo de Roraima ultrapassar o limite de gastos com pessoal

Por

Com uma crise financeira na gestão do Governo de Roraima e enfrentando um novo processo de cassação, o governador cassado Antônio Denarium (PP) anunciou o pagamento de servidores públicos, nas redes sociais. A informação acontece semanas após o secretário do governo pontuar atraso no salário dos servidores devido à crise.

Para tentar frear o descontrole financeiro, Denarium adotou a “contenção de gastos”, sendo uma das medidas a demissão de servidores comissionados, o atraso no pagamento de fornecedores e prestadores de serviço, além de evitar falar em datas próximas para a entrega de obras.

Nas redes sociais, Denarium fixou uma publicação em que ele afirma que o salário dos servidores do governo iria estar disponível na conta dos empregados na próxima semana.

“Dezembro se aproxima, e com ele, vem a ansiedade para as festividades de final de ano e compra de presentes. Mas calma! Na próxima terça-feira, dia 28, TÁ NA CONTA o salário referente ao mês de novembro! Sempre antecipado ou em dia, nunca atrasado. Esse é meu compromisso com vocês!”, escreveu.

A ação dele ocorre semanas após o secretário de Estado do Planejamento, Rafael Fraia, afirmar que houve um aumento de quase 6% concedido para os servidores, o que ocasionou maior despesa com pessoal, a qual não estava prevista no orçamento de 2023, podendo levar a um atraso no pagamento dos servidores.

Vale pontuar que, conforme noticiou O Convergente, o Ministério Público determinou que o Governo de Roraima exonerasse servidores por conta de ultrapassar o limite de gastos com pessoal.

Nesta semana, o Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) confirmou a cassação de Antônio Denarium, por distribuir cestas básicas nas eleições de 2022. Um dia após a confirmação, o Tribunal realizou um novo julgamento, desta vez que apura promoção pessoal com uso de programas sociais do Governo de Roraima, durante o período eleitoral.

Vale pontuar que, mesmo cassado, Denarium permanece no poder até ordem do Tribunal Superior Eleitoral.

Leia mais: Em novo julgamento, juiz pede vista e TRE-RR suspende processo que pede cassação de Denarium

___

Por Camila Duarte

Revisão textual: Vanessa Santos

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -