27.3 C
Manaus
domingo, fevereiro 25, 2024

Bolsonaro não poupa críticas e dispara para Lula: ‘Posso ser horrível, mas o outro cara é péssimo’

“Nós estamos no mesmo barco, pessoal. Se alguém porventura aqui votou no PT, pode ser que exista: não dá para comparar: eu posso ser um cara horrível, mas o outro cara é péssimo”, disse Bolsonaro à apoiadores de Lula

Por

A troca de ‘farpas’ entre ex-presidente Bolsonaro e o atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) parece não ter fim, e a cada dia o caldo engrossa entre os dois. Neste domingo (14), o ex-presidente deu uma alfinetada ao comparar o seu governo entre 2019 a 2022 e disparou: “Não dá para comparar, eu posso ser horrível, mas o outro cara é péssimo e não tem como dar certo”. A crítica foi falada por ele durante uma conversa com apoiadores de Lula, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro (RJ).

Na conversa, Bolsonaro abordou temas econômicos, política de armamento e aponta suposta ligação entre o PT e o Hamas em pronunciamento.

“Um rombo de quase R$ 200 bilhões. Essa conta quem vai pagar são vocês”, começou Bolsonaro em uma parte da conversa publicada no perfil dele no X, antigo Twitter. Ele disse ainda que os brasileiros perderam poder aquisitivo e que a margem de lucro dos comerciantes diminuiu. “O mundo não perdoa, a economia não perdoa”, afirmou.

Bolsonaro declarou que há falta de confiança no governo por parte do homem do campo e destacou a retomada das atividades do Movimento Sem Terra (MST), sugerindo impactos negativos no desenvolvimento agrícola. Adicionalmente, acusou a administração atual de fornecer armas a criminosos.

“A violência diminuiu no meu governo por causa da política de armas para o pessoal de bem. Ele acabou com isso, armamento só para bandido.”

O ex-presidente vinculou o Partido dos Trabalhadores (PT) ao grupo extremista Hamas, sugerindo uma aliança entre ambos. “Nós estamos no mesmo barco, pessoal. Se alguém porventura aqui votou no PT, pode ser que exista: não dá para comparar: eu posso ser um cara horrível, mas o outro cara é péssimo”, finalizou Bolsonaro.

Leia mais: Lei que criminaliza bullying e amplia punição para crime contra criança é sancionada

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -