26.3 C
Manaus
quarta-feira, abril 24, 2024

Justiça do Amazonas libera lanchonetes de pagarem imposto de insumos

O Poder Judiciário determinou que, a partir de agora, a empresa deve recolher o ICMS na modalidade Diferencial de Alíquota. A decisão ainda cabe recurso

Por

A Justiça do Amazonas determinou que a Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM) libere o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS) na forma de substituição tributária (ICMS-ST) de empresas com código de Classificação Nacional de Atividade Econômica (CNAE) específico de lanchonete, do qual adquire insumos que se transformarão em produtos alimentícios depois de outros ingredientes serem adicionados.

O Poder Judiciário determinou que, a partir de agora, a empresa deve recolher o ICMS na modalidade Diferencial de Alíquota. A decisão ainda cabe recurso.

A advogada Isabela Dias, que atuou na causa, revelou que a decisão foi importante para entender que a compra dos insumos não tem caráter de revenda, mas sim no preparo de refeição que será comercializada. Para a advogada, essa diferença reflete no correto enquadramento tributário do ICMS, que é essencial para evitar pagamento indevido ou majorado de impostos.

Isabela Dias afirmou também que a ação judicial se fez necessária porque o processo administrativo para troca de ICMS Substituição Tributária para ICMS Diferencial de Alíquota foi indeferido na Sefaz, o que estava implicando na manutenção do pagamento pela opção mais onerosa.

Para o advogado especialista em Zona Franca de Manaus (ZFM), Eduardo Bonates Lima, a decisão da Justiça do Amazonas corretamente entendeu que, ao se adquirir alimentos para produzir refeições, não se realiza uma nova comercialização em si do produto alimentício adquirido, não podendo a operação ser enquadrada para fins de ICMS-ST. Segundo o especialista, a decisão pode impactar diversos ramos de atividades no mercado de preparo de alimentos e que as empresas devem procurar ajuda jurídica para evitar cobranças abusivas da Sefaz.

— —

Da Redação com informações da assessoria de imprensa
Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -