29.3 C
Manaus
quarta-feira, junho 12, 2024

Aleam concede título de Cidadão do Amazonas ao juiz Márcio Rothier

A honraria ao magistrado foi proposta pelo presidente da Casa, deputado Roberto Cidade (PV). Márcio Rothier é juiz titular da 12ª Vara Cível e Acidentes do Trabalho

Por

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) concedeu, nesta sexta-feira, 11/6, o Título de Cidadão do Amazonas ao juiz titular da 12ª Vara Cível e Acidentes do Trabalho, Márcio Rothier Pinheiro Torres. A honraria ao magistrado foi proposta pelo presidente da Casa, deputado Roberto Cidade (PV) e aprovada pelos deputados em outubro do ano passado.

“O doutor Márcio Rothier tem uma longa carreira dedicada ao Amazonas, sempre atuante e comprometido com suas funções, tanto na capital como nos municípios do interior onde atuou. Essa honraria é mais do que justa e merecida. Me alegro de poder conceder esse título a alguém que ama verdadeiramente o Estado do Amazonas”, destacou Roberto Cidade.

Nascido no dia 3 de julho de 1959 na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o Dr. Márcio Rothier se dedica há mais de 30 anos como magistrado no Estado do Amazonas, tendo iniciado a carreira como juiz substituto do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) na comarca de Santa Isabel do Rio Negro.

Roberto Cidade, durante o discurso enalteceu a paixão do homenageado pelo rio Negro, bem como, uma de suas características mais marcantes, segundo os mais próximos, de ajudar sempre as pessoas.

“Talvez poucos saibam, mas o doutor Márcio é um apaixonado pelas águas do nosso rio Negro, o que o consagra como um típico amazonense. É um pai de família dedicado e que preserva suas raízes familiares, além de não medir esforços para ajudar as pessoas”, pontuou.

Homenageado – Em seu discurso, Rothier destacou que o Título de Cidadão do Amazonas é a oficialização de uma verdade em sua vida, já que, segundo ele, quando perguntado sua origem, a resposta sempre é: “Carioca da gema, caboclo por opção”.

“Como Deus mostra ao homem da floresta a planta que o cura eu sempre peço a ele que me mostre a cura do direito de sua gente. Com braveza me doei e prometo continuarei doando sem orgulho nem falsa nobreza, mas com prazer em servir, tentando fazer o bem sem olhar a quem. Sou grato por esse reconhecimento”, disse.

— —

Com informações da assessoria de imprensa

Foto: Evandro Seixas / Ilustração Marcus Brito

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -