25.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

Gestão David Almeida é acusada de usar Fundeb para pagar pré-candidato de Itacoatiara

No Portal da Transparência da Prefeitura de Manaus consta a nomeação e vínculo de Igor com cargo comissionado, com uma renda bruta de R$ 6.052,80

Por

Sob a administração de David Almeida (Avante), a Prefeitura de Manaus supostamente tem utilizado recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para remunerar mensalmente Igor Almeida de Castro Perdigão com R$ 6 mil, que também é vice-presidente do Jovem Avante Amazonas e pré-candidato a vereador em Itacoatiara.

Segundo informações da Revista Cenarium, Igor Almeida está nomeado em um cargo comissionado na Secretaria Municipal de Educação (Semed) da capital e alega também exercer funções na Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg).

No Portal da Transparência da Prefeitura de Manaus consta a nomeação e vínculo de Igor no órgão do município com cargo comissionado, com uma renda bruta de R$ 6.052,80.

David Almeida, Fundeb, Pré-Candidato, Manaus, Itacoatiara,
Fonte: Portal da Transparência

Além disso, dados do sistema de filiação do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), ainda segundo a Cenarium, confirmam seu domicílio eleitoral em Itacoatiara, onde concorrerá nas próximas eleições municipais. Igor Almeida está lotado no gabinete da secretária da Semed, Dulce Almeida, que é irmã de David Almeida e coordenadora da pré-campanha de reeleição do atual prefeito.

Não há menções em suas redes sociais sobre suas funções na Semed, conforme apurado. No entanto, O Convergente acessou o perfil de Igor nas redes sociais. Devido ao perfil ser privado, não tivemos mais informações sobre as postagens nas repartições vinculadas à prefeitura.

David Almeida, Fundeb, Pré-Candidato, Manaus, Itacoatiara,
Reprodução: Instagram

O Fundeb, destinado exclusivamente ao desenvolvimento da educação básica e à valorização dos profissionais da educação, é composto por recursos de impostos e transferências dos Estados, Distrito Federal e Municípios, conforme os artigos 212 e 212-A da Constituição Federal e a Lei nº 14.113, de 25 de dezembro de 2020. A destinação desses recursos para o pagamento de agentes de segurança pública ou outras áreas da administração pública, como é o caso de Igor Almeida, levanta questionamentos sobre a gestão dos recursos públicos pela administração de David Almeida.

David Almeida, Fundeb, Pré-Candidato, Manaus, Itacoatiara,
Legislação Fundeb – Reprodução/MEC

Entramos em contato com Igor Almeida, a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg) solicitando esclarecimentos sobre o suposto pagamento com recursos do Fundeb. Até o momento, a administração de David Almeida e as pastas ligadas à prefeitura não se pronunciaram oficialmente sobre o caso.

Quanto às respostas de Igor Almeida, a reportagem tentou contato mesmo com o perfil fechado, mas não obteve retorno. O espaço continua aberto para o envio do direito de resposta sobre o apurado nesta reportagem.

Ilustração: Marcus Reis

Leia mais: David Almeida libera mais de R$ 7 milhões para Manauscult contratar artistas

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -