32.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

“Vamos programar um Ministério Público de Contas sempre mais forte no fortalecimento das instituições”, afirma João Barroso durante a posse como procurador-geral no MPC-AM

Pela terceira vez no cargo, o procurador afirma que segue com a missão de fiscalizar os recursos públicos junto com o Pleno do TCE-AM

Por

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas empossou o procurador João Barroso de Souza no cargo de procurador-geral do Ministério Público de Contas para o biênio 2024-2026. A cerimônia de posse foi realizada nesta sexta-feira (21) no auditório Franco de Sá do TCE-AM.

A Conselheira-presidente Yara Amazônia Lins desejou sorte ao novo procurador João Barroso e enalteceu a gestão da procuradora Fernanda Cantanhede, que deixa o cargo.

“Nós queremos agradecer e enaltecer o trabalho da procuradora à frente da procuradoria-geral nesses dois anos. E desejar sucesso ao João Barroso, que vai assumir agora em 2024 e 2025. Ele já tem experiência, é um procurador que tem muito trânsito e tato com os colegas e com o colegiado”, salientou Yara Lins.

Pela terceira vez no cargo, o procurador afirma que segue com a missão de fiscalizar os recursos públicos junto com o Pleno do TCE-AM, continuando o que foi realizado pela gestão anterior.

“Precisamos continuar o excelente trabalho exercido pela procuradora Fernanda Cantanhede nesses dois anos, além de atuar nas áreas de acessibilidade, diversidade e inclusão social. É uma pauta importante e atual. Vamos programar um Ministério Público de Contas sempre mais forte no fortalecimento das instituições, regulamentar algumas coisas que precisam mudar e progredir junto com o Tribunal de Contas”, concluiu João Barroso, afirmando que os corregedores são a voz da sociedade no TCE-AM.

A procuradora-geral do MPC, Fernanda Cantanhede, que esteve na presidência no biênio 2022-2024, encerra seu mandato. Ela foi, até o momento, a única mulher a exercer o cargo na Corte.

“Ser membro do parquet é mais que uma vocação. Foi e tem sido uma escolha de vida. E eu escolhi enfrentar os desafios diários de perseguir a correta aplicação do dinheiro público. Decidi também enfrentar não somente a discriminação de gênero, mas também a falta de sororidade que, infelizmente, ainda assola o ambiente de trabalho. Ter sido a primeira mulher aprovada em concurso público a tomar posse no cargo de procuradora de Contas no MPC-AM, e também a primeira e única mulher a exercer o cargo de procuradora-geral de Contas no parquet amazonense, até o momento, trouxe uma carga ainda maior de responsabilidade no desempenho das minhas funções”, disse a procuradora, pontuando que a sociedade precisa avançar na luta pela igualdade de gênero nos espaços de liderança.

A cerimônia reuniu autoridades locais, autoridades de órgãos estaduais e municipais, representantes da Prefeitura de Manaus, do Governo do Estado, da Câmara Municipal de Manaus, além da presença do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, deputado Roberto Cidade, e de órgãos federais como o Ministério Público Federal e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM).

Ilustração: Marcus Reis

Leia mais: “O cenário ainda está em formação”, diz especialista sobre estiagem severa no Amazonas

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -