26.3 C
Manaus
quinta-feira, fevereiro 29, 2024

‘Sentimento de dever cumprido’, diz Ricardo Capelli ao deixar Ministério da Justiça

Novo titular da pasta, Lewandowski trocará todo o primeiro escalão. A saída de Capelli do ministério era dada como certa desde que, no fim de dezembro, o Senado aprovou a indicação do ministro Flávio Dino para o STF, feita pelo presidente Lula

Por

O secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Ricardo Capelli, se desligou do cargo nesta segunda-feira (29) e deixou uma mensagem nas redes sociais que sai com “sentimento de dever cumprido’. A declaração do Número 2” de Flávio Dino foi confirmada após indicação do ministro Ricardo Lewandowski, que assume em fevereiro.

Em sua conta no X (antigo Twwitter), Capelli disse que fez o melhor pela democracia do país.

A confirmação da saída de Capelli do ministério já era esperada desde o final de dezembro, quando o Senado aprovou a indicação do ministro Flávio Dino para o STF, indicado pelo presidente Lula. Dino será sucedido no ministério por Ricardo Lewandowski, ex-ministro aposentado do STF, cuja posse está programada para ocorrer nesta quinta-feira (1), durante a troca completa do primeiro escalão da pasta.

“Agradeço ao ministro Flávio Dino e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela oportunidade e confiança. Desejo sucesso ao ministro Lewandowski”, acrescentou Capelli, nas redes sociais. “Agradeço também o apoio de todos os servidores do MJSP. Sem eles seria impossível fazer o que fizemos.”

Trajetória

Com graduação em jornalismo, Capelli atuou como presidente da União Nacional dos Estudantes de 1997 a 1999. Durante o governo da ex-presidenta Dilma Rousseff (PT), desempenhou a função de secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social. Posteriormente, assumiu diversas posições no serviço público, incluindo a chefia da Secretaria de Comunicação Social do Maranhão, durante o mandato do governador Flávio Dino.

Como interventor, Capelli assumiu a responsabilidade pela Segurança Pública no Distrito Federal por um período de 23 dias. Durante esse tempo, realizou exonerações e afastamentos de oficiais da Polícia Militar (PM) e da própria Secretaria Distrital de Segurança Pública. Além disso, acompanhou de perto as investigações relacionadas a acusados de terem sido coniventes com os ataques aos Três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário).

Quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva designou Flávio Dino para liderar o Ministério da Justiça e Segurança Pública no início de 2023, Capelli assumiu a posição de secretário-executivo da pasta. Em seu oitavo dia oficialmente no cargo, foi designado como interventor federal na Segurança Pública do Distrito Federal após atos de vandalismo e invasões por parte de grupos golpistas no Palácio do Planalto, no Congresso Nacional e no edifício do Supremo Tribunal Federal (STF).

Planos futuros

O futuro de Capelli permanece incerto; no entanto, nas redes sociais, muitos internautas estão defendendo a possibilidade de ele assumir a chefia da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A Agência tem sido destaque nas manchetes recentes devido às investigações da Polícia Federal (PF), que apura suspeitas de monitoramento ilegal de autoridades públicas, jornalistas e políticos que se opunham ao ex-presidente Jair Bolsonaro entre 2019 e 2022.

Na última sexta-feira (26), a PF revelou indícios de que a estrutura da agência foi utilizada para monitorar, entre outras autoridades públicas, a promotora responsável pela investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco, ocorrido em março de 2018, no Rio de Janeiro.

“A Abin precisa de um civil competente no comando”, escreveu um internauta ao comentar a publicação de Capelli. “Realmente, espero que você seja um dos [nomes] citados para a Abin, se assim o desejar”, acrescentou outro internauta. “Espero que volte para comandar a Abin”, manifestou uma terceira pessoa.

Leia mais: Do STF ao Ministério da Justiça: O desafio de Ricardo Lewandowski na segurança pública federal

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -