25.3 C
Manaus
quarta-feira, maio 29, 2024

Caso Marielle: PF desconfia de suposta omissão de Ronnie Lessa sobre fornecedor da arma

Além disso, Élcio diz em depoimento que Ronnie Lessa informou que a arma utilizada no dia do crime era pertencente ao Batalhão de Operações Especiais (BOPE)

Por

Investigadores da Polícia Federal desconfiam que o acusado de ter efetuado os disparos que mataram Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, o ex-policial militar Ronnie Lessa, estaria omitindo o fornecedor da arma utilizada no crime, até supostamente de Élcio de Queiroz.

Além disso, Élcio diz em depoimento que Ronnie Lessa informou que a arma utilizada no dia do crime era pertencente ao Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

De acordo com Élcio Queiroz, “Quando o paiol do Bope pegou fogo, essa arma sumiu. Como o Ronnie já havia trabalhado no Bope com essa MP5, e gostava muito dela, procurou saber quem havia ficado com a arma e comprou a arma dessa pessoa, reformou-a e tinha um cuidado muito grande por essa arma”.

Porém, um ponto chamou a atenção mediante ao depoimento de Élcio: ao realizar a averiguação do armamento no BOPE, a PF constatou que nenhuma arma foi retirada dali.

Veja o depoimento de Élcio Queiroz : 

Polícia Federal tenta acordo com Ronnie Lessa 

A Polícia Federal abriu a possibilidade de que haja um possível acordo com Ronnie Lessa para coletar mais informações sobre o crime.

Assim como Élcio Queiroz forneceu informações para cooperar com o processo por meio da delação premiada.

Suel chega ao Presídio Federal de Brasília

Na tarde desta terça (25/07), o ex-bombeiro Maxwell Simões Corrêa, mais conhecido como Suel, chegou ao Presídio Federal de Brasília.

Em relação aos demais, Ronnie Lessa está no Presídio de Campo Grande- Mato Grosso do Sul e Élcio Queiroz está no Presídio Federal de Brasília.

Relembre o caso

O caso ocorreu no dia 14 de março de 2018, onde o carro que estava a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram atingidos por vários disparos. Logo em seguida, ambos morreram no local e, a partir de 2019, iniciou a prisão de Ronnie Lessa e Élcio Queiroz.

O caso ainda está sendo investigado e ganhou novas atualizações no dia 24/07/2023.

 

Leia Mais: PF realiza operações de extração ilegal de madeira em alguns estados

 

Por Tatiana Nascimento

Revisora: Vanessa Santos

Ilustração: Marcus Reis

 

 

 

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -