26.3 C
Manaus
quarta-feira, abril 24, 2024

Bolsonaro sanciona Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023 com vetos

O projeto teve 36 pontos vetados, e mantém a previsão das emendas de relator, o chamado orçamento secreto, em mais de R$ 19 bilhões. A LDO de 2023 foi aprovada no Congresso Nacional no dia 12 de julho

Por

Conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU), desta quarta-feira, 10/8, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023. O projeto teve 36 pontos vetados, e mantém a previsão das emendas de relator, o chamado orçamento secreto, em mais de R$ 19 bilhões. A LDO de 2023 foi aprovada no Congresso Nacional no dia 12 de julho.

A LDO estabelece quais serão as metas e prioridades para o ano seguinte. Para isso, fixa o montante de recursos que o governo pretende economizar e as despesas.

A elaboração e a aprovação deverão ser compatíveis com a meta de déficit primário de R$ 66 bilhões para os orçamentos fiscal e da seguridade social.

As empresas dos Grupos Petrobras e Eletrobrás não serão consideradas na meta de déficit primário, de acordo com a publicação.

O documento também mantém em R$ 1.294 a previsão para o salário mínimo do ano que vem, e inflação de 3,3%. Também espera que o Produto Interno Bruto (PIB) registre crescimento de 2,5% e que a Selic encerre o ano em 10%.

— —

Da Redação com informações da CNN

Foto: Divulgação

 

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -