29.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

“Mulheres precisam votar em mulheres”, diz vereadora Yomara Lins ao falar sobre sua trajetória política e projetos voltados aos direitos das mulheres

A vereadora Yomara Lins (PRTB) foi a convidada do quadro “Letícia Barbosa Conversa”, do Portal O Convergente desta semana. A parlamentar contou um pouco de sua trajetória política e falou sobre outros projetos na Câmara Municipal de Manaus (CMM)

Por

“Mulheres precisam votar em mulheres”, essa foi a frase dita com ênfase pela vereadora e vice-presidente da Comissão de Defesa e Proteção dos Direitos da Mulher na Câmara Municipal de Manaus (CMM), Yomara Lins (PRTB), durante entrevista concedida no quadro “Letícia Barbosa Conversa”, do Portal O Convergente, nesta sexta-feira, 25/2. Na ocasião, a convidada falou sobre temas e projetos voltados para a área da saúde e direitos da mulher.

No bate-papo, a apresentadora do quadro, Letícia Barbosa, lembrou que na última quinta-feira, 24/2, foi comemorado 90 anos do voto feminino no Brasil, e que ano passado, o Congresso Nacional promulgou a Reforma Eleitoral, lembrando que uma das principais mudanças nessa reforma é a contagem em dobro de votos dados a mulheres.

Para Yomara, as mulheres vêm conquistando cada vez mais espaço no cenário político local e nacional, porém, ainda precisa se ter mais representantes no pleito. “Somos quatro mulheres na Câmara, mas ainda temos muitas vagas e queremos incentivar outras mulheres para que elas se interessem por política, para que elas passem a participar do processo eleitoral. Precisamos de mais vozes femininas para nos representar”, enfatizou.

A vereadora destacou que não foi fácil a luta das mulheres na trajetória política do Brasil. “Chegamos até aqui depois de muito sacrifício. Não foi fácil. Muitas mulheres do passado tiveram que lutar para que, hoje, tivéssemos acesso ao voto. A Constituição nos garante igualdade e estamos em busca dessa igualdade”, pontuou.

Projetos – Recentemente, a vereadora apresentou na CMM, o Projeto de Lei (PL) que prevê obrigatoriedade de acompanhante de confiança de pacientes, em consulta e procedimentos ginecológicos. O objetivo do PL, segundo Yomara, é de assegurar o direito da mulher para que ela não se sinta constrangida e não venha a abandonar o hábito de cuidar da própria saúde. “Toda prevenção é necessária. Com alguém de confiança ao lado, ela vai se sentir mais segura na hora de fazer os procedimentos preventivos ginecológicos”, ressaltou a parlamentar.

Outro PL apresentado pela vereadora, de nº 39/2022, consiste na obrigatoriedade de criação da Carteira de Identificação da Pessoa com Fibromialgia. Segundo a vereadora, o objetivo da proposta é de conceder aos portadores da doença uma condição de vida melhor. Ao ser identificada, a pessoa com Fibromialgia terá prioridade no atendimento de urgência, onde estiver, sendo devidamente amparada e tratada de forma mais humana.

Preocupada com as estatísticas e o alto índice de suicídio em Manaus, a vereadora também apresentou proposta para oferecer ajuda e trazer mais facilidade a quem precisa ou sofre com algum transtorno psicológico, introduzindo atendimento psicológico nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) para que a população receba cuidados e tenha acesso ao atendimento com psicólogos devidamente capacitados. “No momento, em que se faz a prevenção a nível de UBS’s, automaticamente, desafoga o atendimento em hospitais de médio e grande complexidade”, ressaltou Yomara.

A parlamentar destacou, também, que outro projeto é de alinhar com a Ordem de Advogados do Brasil (OAB) e as delegacias para ajudar, proteger e resgatar mulheres que sofrem algum tipo de violência e abuso.

Trajetória – Formada em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Yomara Lins é advogada e pastora. Em seu primeiro mandato, a vereadora vem se destacando em diversas comissões e projetos sociais voltados para educação, esportes, turismo, indústria e comércio, desenvolvimento econômico, trabalho e renda, entre outros.

Yomara Lins também é vice-presidente da Frente Parlamentar Cristã da CMM para o biênio 2021-2022, criada em abril do ano passado.

Confira a entrevista completa:

—-

Por Narel Desiree
Capa: Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -