27.3 C
Manaus
terça-feira, julho 16, 2024

CMM realiza audiência pública com Sovel da Amazônia sobre danos ambientais nesta quinta-feira, 29

A empresa Sovel da Amazônia vai prestar esclarecimentos sobre a emissão de fumaça e o despejo irregular de resíduos no Lago do Aleixo, Zona Leste da capital amazonense

Por

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) realiza nessa quinta-feira, 29/4, às 10h, no plenário da casa, audiência pública híbrida com a empresa Sovel da Amazônia. A empresa é acusada de despejo irregular de resíduos no Lago do Aleixo, Zona Leste da capital, além de outros danos ambientais.

A audiência deveria ter acontecido na segunda-feira, 26/4, mas foi remarcada, conforme a Comissão de Meio Ambiente, Recursos Naturais, Sustentabilidade e Vigilância Permanente da Amazônia (Commaresv), para oportunizar que as partes se preparassem, evitando equívocos que impedissem o comparecimento.

A CMM vem debatendo sobre os crimes ambientais supostamente cometidos pela empresa Sovel da Amazônia, bem como pedindo esclarecimentos aos órgãos ambientais sobre as denúncias há semanas.

Diante disso, os parlamentares decidiram convocar a audiência pública para tratar sobre o tema. Os vereadores já declararam o interesse de ajuizar uma ação na Justiça pedindo a apuração das reponsabilidades pelos crimes cometidos naquela área da cidade.

Esclarecimentos – A empresa Sovel da Amazônia vai prestar esclarecimentos sobre a emissão de fumaça e o despejo irregular de resíduos no Lago do Oscar, bairro Colônia Antônio Aleixo. Conforme o site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), a Sovel da Amazônia responde a 20 processos, sendo um relacionado a crime ambiental e os demais à dívida ativa municipal.

A audiência está prevista para acontecer às 10h, por vídeo conferência com o objetivo de conter o avanço da contaminação do coronavírus. “Isso não a torna menos eficiente e eficaz, visto que os resultados dependem dos esforços empregados pelas partes e, principalmente pela empresa Sovel da Amazônia. Os danos já foram comprovados, o que falta agora é agir e resolver o problema”, disse o vereador Kennedy Marques (PMN), presidente da Commaresv.

Multada – A Indústria de Papel Sovel da Amazônia Ltda foi recentemente multada pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) em R$ 330 mil, após o órgão constatar crimes ambientais cometidos pela empresa, como o descarte irregular de material tóxico no lago do Aleixo.

Para O Convergente, o vereador Kennedy Marques, autor do requerimento de convocação, espera-se que com a audiência se chegue a uma solução viável para solucionar de uma vez o problema.

“Espero uma conversa franca entre todas as partes envolvidas e afetadas pela questão, para que consigamos chegar a uma solução viável e efetiva para um problema que vem se arrastando por muitos anos e que piora a cada minuto sem uma providência”, disse Marques.
— —
Por Juliana Freire

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -