32.3 C
Manaus
sábado, junho 22, 2024

“Uma desgraça”, dispara Trump sobre condenação de fraude contábil

O ex-presidente dos EUA se tornou o primeiro da história a ser condenado, nessa quinta-feira (30)

Por

Em decisão histórica, o ex-presidente dos EUA Donald Trump, foi condenado por fraude contábil, nessa quinta-feira (30). Ele ocultou um pagamento de US$ 130 mil para comprar o silêncio da atriz pornô Stormy Daniels na eleição de 2016, quando derrotou Hillary Clinton, do Partido Democrata.

O republicano disse ser inocente, e atacou o juiz após a decisão. Ele classificou a condenação como “uma desgraça”.

De acordo com as investigações, os pagamentos à Daniels foram feitos inicialmente por Michael Cohen, ex-advogado de Trump. O ex-presidente teria então reembolsado Cohen com pagamentos mensais por meio da sua empresa, a Trump Organization.

Segundo a promotoria, as notas fiscais teriam sido registradas como “despesas legais”. Com isso, ele teria falsificado registros fiscais da empresa. Com a decisão, Trump se torna o primeiro ex-presidente dos EUA a ser condenado.

De acordo com a legislação americana, apesar de condenado, Trump ainda pode concorrer. Isso porque a Constituição dos Estados Unidos determina que três requisitos sejam cumpridos para que alguém possa se candidatar ao cargo de presidente.

Apesar de ter sido declarado culpado, a pena de Trump só será lida no dia 11 de julho, às 10h, em uma audiência marcada pelo juiz Juan Merchan.

*Com informações da CNN

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -