26.3 C
Manaus
domingo, junho 16, 2024

RR: Sob suspeita de compra de votos, diplomação do prefeito de Alto Alegre é suspensa

Wagner Nunes (Republicanos) foi eleito prefeito do município nas eleições suplementares, no final de abril

Por

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RR) suspendeu por 90 dias a diplomação do prefeito eleito de Alto Alegre Wagner Nunes (Republicanos), eleito no final de abril deste ano. A determinação ocorreu após o Tribunal receber uma ação que apontou suspeita de compra de votos nas eleições suplementares do município. A cerimônia estava marcada para acontecer nesta sexta-feira (24).

Na decisão assinada pela juíza eleitoral da comarca de Alto Alegre, Sissi Marlene Dietrich Schwantes, o município pode ter eleições indiretas, caso seja confirmada em instâncias superiores. Se for confirmado, o novo prefeito de Alto Alegre será escolhido pela Câmara Municipal.

A suspensão ocorreu por uma ação movida pelo diretório municipal do MDB, que alegou  “prática de abuso do poder político entrelaçado com abuso de poder econômico, corrupção e fraude, em virtude de inúmeras condutas vedadas e ilícitos eleitorais reprováveis, praticados em conjunto e em benefícios”.

A juíza enfatizou a gravidade das acusações, além do potencial impacto negativo na legitimidade do processo eleitoral. “Deve ser consignado que, diante de uma eleição aparentemente viciada, em que a vontade do eleitor não fora exercida de maneira livre e consciente, outra medida não poderia ser tomada por este juízo que não a suspensão da diplomação do candidato, não devendo, ainda, ser desconsiderado o fato da grande desproporção existente entre o número de ilícitos eleitorais praticados e o número de eleitores do Município, o que torna o ocorrido ainda mais grave, não se tratando, portanto, de um fato isolado, sem potencialidade lesiva ao pleito”, diz um trecho da decisão.

Vale lembrar que o prefeito eleito era apoiado pelo governador Antônio Denarium (PP) e pelo senador Mecias de Jesus (Republicanos), que chegou a ter o valor de R$ 50 mil em espécie apreendido pela polícia no carro em que estava, dias antes da eleição no município.

O Convergente entrou em contato com o diretório do Republicanos em Roraima, partido que representa do prefeito eleito Wagner Nunes. Até o fechamento desta matéria, não houve retorno. O espaço segue aberto.

Confira a decisão na íntegra:

94c612a7dbe3597f621bc923c1825af9c81d7266

Leia mais: De 2018 a 2024, Secretaria de Segurança de Roraima já teve sete perfis no comando da pasta

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -