26.3 C
Manaus
sexta-feira, abril 12, 2024

8 de janeiro: STF dá início ao julgamento de mais 15 réus dos atos antidemocráticos

Ministro Alexandre de Moraes votou pela condenação dos acusados

Por

O Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou nesta sexta-feira (23) o julgamento de mais 15 acusados de participação nos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023.

Os réus que estão em julgamento são acusados de participar do financiamento dos atos que levaram à depredação do Palácio do Planalto, do Congresso e da sede do Supremo Tribunal Federal (STF).

O ministro Alexandre de Moraes, relator dos processos, reiterou votos proferidos em outros casos do 8 de janeiro e se posicionou de forma favorável à condenação de todos os réus.

Primeiro a votar, Moraes fixou penas de 14 a 17 anos de prisão para os acusados. O tempo de condenação será confirmado somente após o fim do julgamento. Os acusados respondem pelos crimes de associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado e deterioração de patrimônio tombado.

Os julgamentos foram iniciados no plenário virtual da Corte e serão finalizados no dia 1º de março. Na modalidade virtual, não há deliberação presencial, e os ministros inserem os votos no sistema eletrônico do Supremo até o fim do julgamento.

Desde o início dos julgamentos dos envolvidos no 8 de janeiro, o Supremo já condenou 71 investigados.

Fonte: Agência Brasil

Veja outra notícia:

No ano passado, a região Yanomami testemunhou um aumento no número de óbitos, totalizando 363 mortes, em comparação com as 343 notificadas em 2022, evidenciando um cenário preocupante de perdas de vidas dentro do território protegido.

Pensando em minimizar a estatística de mortes dos povos indígenas Ianomâmis, o governo federal anunciou, nesta quinta-feira (22), um plano estratégico para combater a crise de saúde e humanitária na Terra Indígena Yanomami, em Boa Vista (RR).

Ilustração: Giulia Renata

Leia mais: Crise humanitária: Governo traça estratégias para combater mortes de Ianomâmis

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -