34.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

TSE abre Ano Judiciário de 2024 nesta quinta-feira (01/02)

Também a partir do dia 1º de fevereiro, os prazos dos processos em tramitação no TSE, que ficaram suspensos durante o recesso, voltarão a correr

Por

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza, nesta quinta-feira (1º), excepcionalmente às 19h, sessão ordinária de abertura do Ano Judiciário de 2024. A sessão será transmitida ao vivo pelo canal oficial do TSE no YouTube, pela TV Justiça e pela Rádio Justiça. Com a abertura do ano forense, os julgamentos realizados por meio eletrônico – o chamado Plenário Virtual – também voltam a ocorrer.

Com o começo do Ano Judiciário, a Secretaria do Tribunal voltará a funcionar de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h. A Ouvidoria do TSE retoma o atendimento à cidadã e ao cidadão das 8h às 19h.

No período do recesso, o Tribunal funcionou em regime de plantão, com atendimento ao público externo das 13h às 18h. Mesmo sem julgamentos, a Presidência da Corte permaneceu de plantão.

Também a partir do dia 1º de fevereiro, os prazos dos processos em tramitação no TSE, que ficaram suspensos durante o recesso, voltarão a correr.

 

Sessões plenárias

As sessões plenárias ordinárias do TSE são realizadas sempre às terças, às 19h, e quintas-feiras, às 10h. Elas são divididas em duas partes: uma sessão administrativa e uma sessão jurisdicional.

As sessões de julgamento do Plenário Virtual ocorrem semanalmente e começam sempre à 0h de sexta-feira, quando tem início a contagem do prazo para a manifestação dos ministros por meio do voto.

Em período não eleitoral, esse prazo de manifestação é de cinco dias úteis e, em período eleitoral, de sete dias corridos, podendo ser designadas sessões extraordinárias, a critério da Presidência do TSE, com data de início e duração definidas no ato convocatório. Ou seja, os prazos podem variar, conforme a urgência dos casos analisados.

 

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral – TSE

Leia mais: Congresso volta do recesso com 20 medidas provisórias em pauta

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -