26.3 C
Manaus
sábado, março 2, 2024

“Manaus tá precisando dele. Ele vai aceitar sim”, diz Plínio Valério sobre candidatura de Amom à Prefeitura em 2024

"O Amom me pediu um tempo para reflexão, e diante dos problemas que ele me apresentou e tem roda razão, e ficou acertado que no começo de fevereiro ele vai reunir toda a imprensa se ele será candidato"

Por

Em ano de corrida eleitoral tudo acontece. E o assunto dos bastidores da política do momento é a candidatura do deputado Federal Amom Mandel (Cidadania), à Prefeitura de Manaus nas eleições municipais de 2024. Nesta quinta-feira (11) à noite, Plínio Valério, presidente estadual do Social Democracia Brasileira (PSDB) que tem partido que faz parte da federação com o Cidadania, se reuniu em Manaus com o Amom, e as notícias são animadoras para o pleito.

O Portal O Convergente entrou em contato com Plínio Valério, e obteve informações exclusivas sobre o futuro de Amom na política.

“O Amom me pediu um tempo para reflexão, e diante dos problemas que ele me apresentou e tem roda razão, e ficou acertado que no começo de fevereiro ele vai reunir toda a imprensa se ele será candidato.”

No dia 29 de novembro de 2023, o deputado federal usou as redes sociais e publicou um vídeo afirmando que “nunca se lançou oficialmente” como candidato a prefeito de Manaus. (puxar link do convergente)

Entramos em contato com a assessoria de Amom sobre o posicionamento dele após a reunião com o presidente do estadual da sigla, mas até o fechamento da reportagem, o portal O Convergente não obteve resposta.

Sobre a possível candidatura do deputado mais jovem da bancada federal do Amazonas, Plínio disse com afinco que Manaus está precisando de Amom.

“Manaus está precisando dele. Eu acho que a candidatura dele é extremamente importante. Mas cabe a ele definir e dizer”, disse o presidente estadual do PSDB”.

A especulação sobre o apoio de um candidato do PSDB foi totalmente descartada pelo presidente da sigla no Amazonas. Mas a aposta do partido segue em Amom.

“O meu palpite, de quem tem experiência nesse campo, é de que depois dessa reflexão ele vai aceitar sim. E eu mostrei ao Amom que, quando a gente está no campo de batalha, a gente não pode fugir. Porque a história não vai perdoar, aquele que foge do campo de batalha.”

Plínio aguarda otimista e espera a decisão Amom, e acredita que ele seja candidato e seu compromisso com o deputado federal está mantido como garantiu.

Leia mais: Dez parlamentares já desistiram de apoiar CPI que investiga padre Júlio Lancellotti

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -