26.3 C
Manaus
sábado, março 2, 2024

Ministro Alexandre de Moraes alerta que quem comemorar o “8 de janeiro” estará cometendo crime

O ministro é relator de 1.345 processos criminais que envolvem a atuação de invasores aos prédios do poder

Por

Há praticamente um ano dos atos que vandalizaram Brasília no dia 8 de janeiro de 2023, o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, disse que quem comemorar a data estará cometendo um crime, já que ela marcou uma tentativa de golpe de Estado.

O ministro é relator de 1.345 processos criminais que envolvem a atuação de invasores aos prédios do poder.

Um evento com o nome “Democracia Restaurada” está sendo promovido pelo atual governo Lula (PT) para marcar a data. Segundo Moraes, o objetivo é relembrar que as instituições brasileiras demonstraram força e resistiram a uma tentativa de golpe.

A imprensa em Brasília apurou que a oposição ao governo não vai convocar, até o momento, manifestantes contra a cerimônia que será promovida pelo Governo Federal. Mesmo sem ameaça anunciada, mais de 2 mil policiais militares do Distrito Federal devem fazer o patrulhamento ofensivo na capital. Essa estratégia de segurança da Esplanada dos Ministérios foi pactuada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e pelo Governo do Distrito Federal, que assinaram um protocolo de segurança no Palácio do Biruti, Sede do Governo em Brasília.

Leia mais: Prefeitura de Itacoatiara demite mais de mil servidores municipais

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -