27.3 C
Manaus
domingo, fevereiro 25, 2024

Alvo de CPI, Padre Lancelotti recebe apoio de Presidente Lula

Ele tem sido alvo de vereadores que buscam investigá-lo em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal

Por

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou suas redes sociais para manifestar apoio ao padre Júlio Lancelotti. Ele tem sido alvo de vereadores que buscam investigá-lo em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal.

O padre é conhecido por desenvolver, há anos, um trabalho de cuidado com pessoas em situação de rua na Cracolândia. No post, o presidente Lula colocou uma foto junto com o religioso e agradeceu a Deus por existirem “figuras como o Padre Julio Lancelloti, na capital de São Paulo, que há muitos e muitos anos dedica a sua vida para tentar dar um pouco de dignidade, respeito e cidadania às pessoas em situação de rua. Que dedica sua vida a seguir o exemplo de Jesus. Seu trabalho e da Diocese de São Paulo são essenciais para dar algum amparo a quem mais precisa”, escreveu Lula. Junto à postagem, está uma foto dos dois abraçados.

CPI

O requerimento para a criação da CPI já colheu as assinaturas necessárias e foi protocolado na Câmara no dia 6 de dezembro do ano passado. Entretanto, isso não significa que a comissão será imediatamente instalada.
O autor da proposta é o vereador Rubinho Nunes (União Brasil). Ele colocou como foco principal da CPI justamente a atuação de Lancellotti. Também será alvo dessa CPI o movimento “A Craco Resiste”.

Em nota, o padre Julio Lancellotti escreveu que as CPIs são legítimas, mas afirmou que não pertence a nenhuma organização da sociedade civil ou organização não governamental que utilize convênio com o Poder Público Municipal. “A atividade da Pastoral de Rua é uma ação pastoral da Arquidiocese de São Paulo que, por sua vez, não se encontra vinculada, de nenhuma forma, às atividades que constituem o requerimento aprovado para criação da CPI em questão”, disse ele por meio da nota.

Leia mais: Ministro Alexandre de Moraes alerta que quem comemorar o “8 de janeiro” estará cometendo crime

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -