32.3 C
Manaus
quarta-feira, junho 12, 2024

Câmara Municipal de Borba começa processo de cassação de Simão Peixoto por quebra de decoro

Uma sessão plenária extraordinária ocorreu na noite desta noite de segunda (19) e por 7 votos, o quórum aceitou a denúncia.

Por

A câmara de vereadores aceitou denúncia de quebra de decoro em ação popular contra o prefeito de Borba, Simão Peixoto (Progressistas). Uma sessão plenária extraordinária ocorreu na noite desta noite de segunda (19) e por 7 votos, o quórum aceitou a denúncia.

Por meio de sorteio a comissão processante foi definida e será composta pelos vereadores Pedro Paz (MDB) que será o relator, Edilson Batista (PP) e a vereadora enfermeira Tatiana Franco (PTB), esta última que foi citada por Simão Peixoto em uma fala pública quando ainda era prefeito, onde ele afirmava que iria dar uma ‘ripada’ nela.

O prefeito está preso, pela segunda vez neste ano, desde o último dia 29 de maio. Peixoto é acusado pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) de comandar esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e outros crimes como prefeito do município. A outra vez que Simão foi preso foi justamente pela fala a respeito das ‘ripadas’ na vereadora.

 

Leia mais: Câmara de Borba empossa novo prefeito para substituir Simão Peixoto

__

Texto: Hector Santana

Foto: Reprodução

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -