27.3 C
Manaus
domingo, junho 23, 2024

‘Equívoco meu’, diz Bolsonaro ao se desculpar por fake news de vacinas do Covid

Ex-presidente disse que imunizantes contra a COVID-19 contém "grafeno" que se acumulam nos "testículos e ovários"

Por

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) se desculpou por relacionar vacinas de tecnologia mRNA ao acúmulo de óxido grafeno nos testículos e ovários, informação essa que é falsa. Em suas redes sociais, o ex-presidente disse que cometeu um “equívoco”.

“Em relação a uma conversa no dia de ontem (17/6), na cidade de Jundiaí (SP), sobre a existência de óxido de grafeno na vacina de tecnologia mRNA, houve um equívoco da minha parte. Como é de conhecimento público, sou entusiasta do potencial de emprego do óxido de grafeno, por isso inadvertidamente relacionei a substância com a vacina, fato desmentido em agosto de 2021. Mais uma vez lamento o falado e peço desculpas”, publicou no domingo (18/6).

Fake News

Durante um evento do Partido Liberal (PL), no sábado (17/6), Jair Bolsonaro disse que as vacinas contra COVID-19 possuem “grafeno” que se acumula nos “testículos e ovários”. A fala de Bolsonaro configura mais uma informação falsa, que não possui respaldo científico em relação à composição dos imunizantes.

Os ataques à vacinação foram recorrentes durante o mandato do ex-presidente, que chegou a ser investigado em inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF), em 2021, por propagar uma fake news que relacionava a vacinação ao desenvolvimento de Aids, em um vídeo que foi posteriormente retirado das redes sociais.

Ele é investigado pela Polícia Federal (PF), sob suspeita de ter fraudado dados do seu cartão de vacinação e de sua filha, Laura Bolsonaro, de 12 anos.

Durante a pandemia da COVID-19, Bolsonaro se posicionou diversas vezes contra a vacinação e até mesmo questionou a eficácia da vacina. Além disso, o ex-presidente decretou 100 anos de sigilo no seu cartão de vacina na época.

Leia mais: Em Live, Lula diz que Bolsonaro se trancou em casa para planejar golpe de estado

__

Por July Barbosa com informações CNN.

Foto: Marcos Corrêa / PR

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -