25.3 C
Manaus
sábado, maio 25, 2024

MDIC confirma vinda de Alckmin para Manaus em julho

Alckmin visitará Manaus para assinar contrato de gestão do CBA e inaugurar microdistrito industrial

Por

Acompanhado por técnicos da Autarquia, o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, está em Brasília para uma série de reuniões com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), buscando avançar em questões de interesse da Zona Franca de Manaus (ZFM). Nessa terça-feira (13), ele foi recebido pelo vice-presidente e ministro da pasta, Geraldo Alckmin, para discutir assuntos como a Portaria número 9835/2022, a regularização fundiária em terras da Autarquia e o novo Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA).

No que diz respeito à Portaria número 9835/2022, que estabelece novos procedimentos de acompanhamento e fiscalização das atividades de pesquisa e desenvolvimento das empresas de informática da ZFM, ficou acordado que serão feitos ajustes no texto pelos técnicos da Suframa e do MDIC. A expectativa é que essas modificações sejam concluídas em até 45 dias e compartilhadas com as empresas beneficiárias da Lei de Informática, assim como instituições científicas e tecnológicas tanto públicas quanto privadas.

No tema da regularização fundiária, a Suframa tem realizado uma série de reuniões com os governos estadual e municipal com o objetivo de garantir a segurança e evitar novas ocupações irregulares em áreas de Manaus, incluindo comunidades como Coliseu, Raio de Sol, Canaã, Nova Canaã, além das localizadas em Rio Preto da Eva, a cerca de 70 quilômetros de Manaus.

Geraldo Alckmin confirmou que retornará a Manaus no próximo mês de julho para assinar o contrato de gestão do CBA, que adquiriu personalidade jurídica no início do mês passado, e para inaugurar o Microdistrito Industrial de Manaus (Dimicro). A inauguração do Dimicro será realizada em conjunto pela Suframa e pela Prefeitura Municipal de Manaus. A previsão é que o complexo, composto por 29 microindústrias em galpões padronizados, localizado ao lado da comunidade Coliseu, no ramal do Brasileirinho, bairro Jorge Teixeira, zona Leste, seja entregue e comece a funcionar na primeira quinzena de julho. Estima-se que o espaço gere mais de 400 empregos diretos.

De acordo com o ministro, a reunião em Brasília e todas as iniciativas anunciadas fazem parte de um contexto maior, que envolve o projeto de neoindustrialização do Brasil, incluindo o futuro da Amazônia e suas políticas de desenvolvimento sustentável.

_

Hector Santana, com informações da assessoria do MDIC

Foto: Divulgação

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -