25.3 C
Manaus
quarta-feira, maio 29, 2024

Debate Governo Roraima: Protagonismo de Teresa Surita e críticas a ausência de Denarium marcam confronto

O embate, ocorrido nessa terça-feira, 27/9, na sede da Rede Amazônica, em Boa Vista, foi marcado pelas críticas ao atual governador de Roraima, Antonio Denarium (PP), e pelo protagonismo de sua principal adversaria Teresa Surita (MDB), que não se esquivou de perguntas polêmicas e destacou o seu plano de Governo para o estado

Por

Quatro dos cinco candidatos ao Governo de Roraima nas eleições de 2022 participaram do debate promovido pela Rede Amazônica, em Boa Vista, na noite dessa terça-feira, 27/9. O embate foi marcado pelas críticas ao atual governador de Roraima, Antonio Denarium (PP), e pelo protagonismo de sua principal adversária Teresa Surita (MDB), que não se esquivou de perguntas polêmicas e destacou o seu plano de Governo para o estado.

A candidata foi uma das que fez crítica a ausência de Denarium, que segundo fontes, teria ido para o município do Cantá, onde participou de uma carreata, para não participar do debate. “Lamentável. É uma falta de respeito ele não estar aqui agora”, disse Surita.

Na ocasião, a candidata ressaltou que Denarium prometeu fazer um governo diferente, mas, na contramão, aumentou secretarias (que disse que reduziria).

O fato do governador se promover, por meio das redes sociais e reuniões, dizendo que mudou para melhor o Estado de Roraima, foi questionado por Surita. “Será que Denarium acredita nas próprias mentiras?”.

No decorrer do confronto, o candidato Rudson Leite (PT) questionou Teresa Surita sobre como ela acabaria com a corrupção, já que segundo ele, ela não teria informado sobre contratos feitos em seu mandato quando ele solicitou. O candidato também citou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instalada por aliados de Denarium na Câmara Municipal de Boa Vista.

Sobre o assunto, Surita destacou que todos seus mandatos foram pautados na transparência e afirmou não ser alvo de nenhum processo e investigações. Além disso, enfatizou que a CPI foi arquivada pela Justiça por falta de evidências.

Corrupção – Os escândalos envolvendo a gestão de Antonio Denarium, como supostos desvios de verbas publica, por diversas vezes foi citado pelo candidato Juraci Escurinho (PDT). Em determinado momento, Escurinho disse que, se eleito, iria à Justiça pedir a prisão de Denarium. “Corrupto, bandido”, acusou.

Além de Surita, Juraci Escurinho e Rudson Leite, o candidato Fábio Almeida (PSOL) também participou do debate.

— —

Da Redação

Foto: Valéria Oliveira/G1 RR

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -