32.3 C
Manaus
quinta-feira, junho 20, 2024

Em Humaitá e Apuí, Wilson Lima participa de ações do Governo Presente e inaugura unidade do Prato Cheio

No município de Humaitá onde o governador cumpriu agenda do programa Governo Presente, com inaugurações e anúncios de obras. Além de Humaitá, Wilson Lima também levou os serviços públicos do Governo Presente para Apuí. Nestas ações o governador liberou mais de R$ 830,9 mil para projetos na área social

Por

Nesta terça-feira, 7/6, o governador Wilson Lima (União Brasil) inaugurou a 12ª unidade do programa Prato Cheio no interior do Amazonas. A unidade vai funcionar no município de Humaitá onde o governador cumpriu agenda do programa Governo Presente, com inaugurações e anúncios de obras. Além de Humaitá, Wilson Lima também levou os serviços públicos do Governo Presente para Apuí. Nestas ações o governador liberou mais de R$ 830,9 mil para projetos na área social.

Desde o ano passado, o Governo do Amazonas já implantou 12 unidades do Prato Cheio no interior do estado. Os espaços estão funcionando em Manacapuru, Autazes, Itacoatiara, Tefé, Barreirinha, Parintins, Rio Preto da Eva, Tabatinga, Maués, Iranduba, Borba e, agora, Humaitá.

O programa é administrado pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) e Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam).

“A pior coisa é um pai não saber o que vai colocar na mesa para dar de comer para os filhos, é desesperador. É por isso que eu estou trabalhando para colocar um restaurante popular em cada município desse estado. Eu não vou sossegar enquanto isso não se concretizar”, ressaltou o governador.

O Prato Cheio é dividido em dois serviços distintos: nos restaurantes populares, o almoço é vendido pelo valor simbólico de R$ 1, de segunda a sexta-feira, das 11h às 13h. Nas cozinhas populares, a sopa é gratuita e cada pessoa atendida tem direito a 1 litro do alimento, de sabores variados, de segunda a sábado, também das 11h às 13h.

Outros investimentos – Em Humaitá, o Governo do Estado também inaugurou a quinta unidade do interior do Serviço de Apoio à Mulher, Idoso e Criança (Samic). O local vai funcionar no anexo da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município e conta com uma equipe psicossocial para atender a população.

O principal objetivo é oferecer um serviço humanizado às pessoas em situação de vulnerabilidade, além de reforçar o combate à violência contra mulheres, crianças e idosos. Por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), três associações de Humaitá e uma de Apuí foram beneficiadas com fomento social da ordem de R$ 536,9 mil.

Crédito para empreender – Durante o mutirão de serviços públicos do Governo Presente, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) liberou R$ 284 mil em crédito, sendo R$ 81 mil para Apuí e R$ 203 mil Humaitá.

Os R$ 203 mil liberados em Humaitá atendem 27 empreendedores locais, sendo quatro operações do Crédito Rosa, voltado para negócios desenvolvidos por mulheres.

Apuí – No município de Apuí, o Governo Presente levou atendimento médico especializado, por meio do projeto Chamas de Saúde, do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM).

“Essa é a 14ª edição do projeto ‘Chamas de Saúde’. Ao todo, já foram mais de 11 mil atendimentos e hoje desembarcamos aqui em Apuí, por ordem do governador Wilson Lima, e trouxemos pediatra, dentista, assistente social, farmacêutico, otorrino; trouxemos ginecologista, ortopedista”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Orleilso Muniz.

Mais de 200 atendimentos foram agendados na cidade para o “Chamas da Saúde”, que oferta assistência multidisciplinar através de serviços de prevenção, promoção e reabilitação da saúde a comunidades da capital e do interior.

Vacinação – Para reforçar a cobertura vacinal nos municípios de Apuí e Humaitá, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) aplica vacinas contra Covid-19 (1ª, 2ª, 3ª e 4ª dose), vacina pediátrica para menores de 12 anos, além da vacina contra Influenza, Tríplice Viral e para outras doenças.

Os municípios apresentam baixas coberturas do esquema vacinal primário (1ª e 2ª dose aplicada em pessoas com 5 anos ou mais) contra a Covid-19 e abaixo da meta do Ministério da Saúde que é de 90%.

A SES-AM e FVS-AM também estão ofertando testagens rápidas de prevenção à Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), HIV/Aids, Hepatites e Sífilis.

Confira imagens das ações:

— —

Da Redação com informações da assessoria de imprensa

Fotos: Lucas Silva/ Arthur Castro e Rodrigo Santos/ Secom

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -