27.3 C
Manaus
quarta-feira, maio 22, 2024

David Reis se nega a zerar painel de presença na CMM, porém votação expõe vereadores ausentes na sessão

No momento da votação de um projeto de Rodrigo Guedes (PSC), sobre a proibição da venda de fogos com estampidos, haviam 35 vereadores presentes, porém ao contabilizar os votos, apenas 30 parlamentares votaram a propositura

Por

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador David Reis (Avante) se negou, na manhã desta segunda-feira, 18/4, a zerar o painel de presença dos parlamentares durante votação de projeto na Casa. O pedido foi feito pelo vereador Amom Mandel (Cidadania), devido a reclamações de parlamentares que na semana passada, estavam no plenário e não tiveram seus votos contabilizados. No painel, 35 vereadores estavam presentes e seis deles ausentes.

Mesmo David Reis negando o pedido de Amom para zerar o painel, o parlamentar ainda ironizou o colega dizendo que “nem todos conheciam dos trâmites internos da CMM”. Entretanto, o painel informava os parlamentares ausentes, os que votaram e os que tinham presença, mas não votaram, incluindo o próprio David Reis.

Na ocasião, o presidente da CMM chegou, inclusive, a dizer que quem quiser ser parlamentar é bem simples. “O rito é fácil. É só escolher um partido, se filiar, disputar a eleição, ganhar e vir para cá. A Via Crúcis é bem pequena”, zombou David Reis, afirmando que muitos pensam que possuem mandatos, mas não têm.

Amom Mandel voltou a questionar a atitude, informando sobre o Artigo nº 135, Parágrafo 4, do Regimento Interno da CMM, de que a informação que foi passada por Reis estava equivocada. Reis disse que os parlamentares podiam se ausentar do plenário para seus gabinetes.

Já Amom, lendo o Regimento Interno, disse que o mesmo fala que “nenhum parlamentar deve deixar o plenário, salvo por motivo de força maior, aceito pela Mesa Diretora na Ordem do Dia”.

Votação de projeto – No momento da votação do Projeto Nº 129/2021, do vereador Rodrigo Guedes (PSC), sobre a proibição da venda de fogos de artificio com estampidos, haviam 35 vereadores presentes na sessão, porém ao contabilizar os votos, apenas 30 parlamentares votaram a propositura de Guedes, sendo 28 favoráveis ao parecer dado a proposta e dois contrários. O próprio David Reis não teve seu voto contabilizado no painel, mesmo presidindo à Mesa Diretora na ocasião. Outros quatro parlamentares também não apareceram na votação.

Presentes, porém, ausentes – O painel também não mostrou os votos dos vereadores Allan Campelo (PSC); Dr. Daniel Vasconcelos (PSC), que segundo o vereador Caio André (PSC) e David Reis, estava representando a CMM em evento na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam); Gilmar Nascimento (União Brasil), e Jaíldo Oliveira (PCdoB). Todos estes tinham presença confirmada no painel, mas não estavam no plenário, no momento da votação.

Ausentes – Além disso, estiveram ausentes do plenário, os parlamentares: Elissandro Bessa (Solidariedade); Marcel Alexandre (Avante); Marcelo Serafim (Avante); Raiff Mattos (DC); Rosivaldo Cordovil (PSDB) e Sassá da Construção Civil (PT).

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -