25.3 C
Manaus
sábado, maio 25, 2024

Pesquisa eleitoral: Keitton Pinheiro lidera intenção de votos em Coari

O levantamento foi feito pelo Instituto Pontual Pesquisa e indica que Keitton Pinheiro possui 43,5% das intenções de votos estimulados, seguido de Robson Tiradentes, com 32,3% das intenções.

Por

Único dos quatro candidatos à Prefeitura de Coari que ainda não teve o registro de candidatura homologado pela Justiça Eleitoral, Keitton Pinheiro (PP) aparece em primeiro lugar na intenção de votos entre os eleitores de Coari. Em segundo lugar, está o candidato Robson Tiradentes Junior (PSC). A pesquisa de intenção de votos divulgada nesta quarta-feira, 24, foi realizada pelo Instituto Pontual Pesquisa e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) com o número AM-03710/2021.

De acordo com a pesquisa, Keitton Pinheiro possui 43,5% das intenções de votos estimulados, tendo como segundo colocado Robson Tiradentes, que aparece com 32,3% das intenções.

Na sequência, o candidato José Henrique de Oliveira (PL) aparece com 10,4% das intenções de votos e, em último lugar está Aldemir Almeida Mitouso, o Mil Mitouso (PSB), com 1% das intenções de votos.

A pesquisa aponta ainda que os indecisos somam 8,9% e os votos brancos ou nulos totalizaram 3,9%.

Conforme os dados apurados pelo Instituto Pontual Pesquisa, Keitton Pinheiro tem 49,9% das intenções dos votos válidos, seguido de Robson Tiradentes com 37%, de Zé Henrique com 11,9% e Mil Mitouso, com 1,2%.

Dados – A pesquisa ouviu os eleitores entre os dias 18 a 21 de novembro de 2021. Tendo o registro estatístico do Conre: 9079 e o registro da empresa no Conre: 8260. A estatística responsável foi Alice Nascimento de Assis.

A amostra com 380 entrevistados tem margem de erro de 3,6%, com intervalo de confiança de 95%. (Fonte: Repositório de Dados Eleitorais do TSE. Atualizado em 31/10/2021).

Aguardando julgamento – A eleição suplementar em Coari foi marcada pelo TRE/AM para o próximo dia 5 de dezembro e somente a candidatura de Keitton Pinheiro ainda não foi deferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A demora em uma decisão da Justiça Eleitoral sobre o registro de candidatura ocorre porque Robson Tiradentes acionou a corte eleitoral, em Coari, questionando o fato de Keitton ter sido vice-prefeito na chapa de Adail Pinheiro Filho (PP), que foi cassada pelo TRE-AM por entender que se tratava de um terceiro mandato consecutivo no mesmo núcleo familiar.

Neste sentido, Keitton supostamente também estaria inelegível porque “as chapas majoritárias possuem natureza monolítica e indivisível”. Em outro trecho, o pedido de Tiradentes cita que a família Pinheiro causou a invalidação da eleição do ano passado e a participação do então vice no novo pleito viola o Código Eleitoral.

Para a coligação “Ficha Limpa”, liderada por Robson Tiradentes Junior, a candidatura de Keitton “é uma tentativa de burlar as limitações constitucionais à concentração de poder nas mãos de monopólios familiares”.

O TRE/AM tem até o dia 2 de dezembro para proferir uma decisão sobre todos os recursos sobre pedidos de registro de candidatos, bem como fazer as publicações sobre as respectivas decisões.

— —

Por Michele Gouvêa com informações Portal O Poder

Fotos: Divulgação / Ilustração Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -