29.3 C
Manaus
segunda-feira, julho 15, 2024

Manifestações contra Bolsonaro ocorrem no Brasil e no exterior neste sábado

Os atos foram confirmados em 310 cidades do Brasil e do exterior. Os organizadores prometem superar o movimento do dia 29 de maio deste ano

Por

Ao longo deste sábado, 19/6, uma grande mobilização intitulada #19J contra a gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ocorre no Brasil e no exterior. Além de Manaus, outras cinco cidades do interior do Amazonas irão participar do ato. Na capital, a concentração será na Praça da Saudade, Centro, às 15h.

No Amazonas, além da capital, as manifestações irão ocorrer na tarde deste sábado nos municípios de Itacoatiara, Parintins, Manacapuru e Humaitá. No município de Tefé o ato aconteceu pela manhã. A concentração foi às 8h30, em frente a Feira Municipal da cidade.

As primeiras horas das manifestações do #19J registraram atos em Brasília, Rio de Janeiro, Recife, Belém, Maceió, Porto Velho, Macapá, São Luis, Aracajú, João Pessoa, além de outras capitais e cidades, pequenas e grandes, pelo Brasil e de fora do país. Em Brasília, uma caminhada iniciou às 9h, na Biblioteca Nacional em direção ao Congresso Nacional e houve o reforço de povos indígenas do Acampamento Levante pela Terra.

Mobilização – De acordo com Central Única dos Trabalhadores (CUT/RS), o #19J, Dia Nacional de Mobilização por Fora Bolsonaro conta com mais de 310 atos confirmados pelo país e no exterior. Além do Brasil, as articulações foram realizadas na Inglaterra, Portugal e Itália. Os organizadores prometem superar o protesto do dia 29 de maio deste ano, que levou milhares de pessoas às ruas de todo o país.

Ainda segundo os organizadores, a ideia do #19J é demonstrar o descontentamento e indignação da população mais afetada com a negligência e descaso do presidente em relação às medidas de combate aos efeitos da pandemia no país, bem como às atitudes suas que só acentuaram o racismo, o machismo, as desigualdades sociais e o fascismo.

Ex-presidente – Em entrevista à rádio Jovem Pan News em Revista Natal, na última quinta-feira, 17/6, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que as manifestações deste sábado, são uma convocação da sociedade “para protestar contra o desgoverno e contra o genocídio”.

“A sociedade começou a andar”, acrescentou o ex-presidente, que não deve comparecer. “Minha participação não pode ser explorada pelos meios de comunicação, de que o Lula manipulou o ato e virou uma peça de campanha”, complementou.

Medidas de segurança – A regra fundamental é comparecer apenas a manifestações em locais abertos e bem ventilados, sem aglomeração. Mesmo ao ar livre, deve ser mantido o distanciamento de dois metros, com uso de máscara, de preferência, as PFF2/N95. Objetos pessoais, alimentos e bebidas não devem ser compartilhados. Não deve haver contato físico entre os presentes.

—–

Por Lana Honorato

Fotos: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -