26.3 C
Manaus
terça-feira, julho 16, 2024

Temores de desdobramentos da pandemia cancelam reunião anual do Fórum Econômico Mundial

A organização do Fórum Econômico Mundial cancelou sua reunião anual de 2021 marcada para acontecer em Cingapura dentro de três meses. Inicialmente marcado para maio, o encontro foi adiado duas vezes, mas estava previsto para meados de agosto

Por

O Fórum Econômico Mundial cancelou sua reunião anual de 2021 marcada para acontecer em Cingapura dentro de três meses, disse a organização com sede na Suíça nesta segunda-feira, 17/5. Inicialmente marcado para maio, o encontro foi adiado duas vezes, mas estava previsto para meados de agosto.

Ainda na semana passada, organizadores ainda planejavam prosseguir com o evento dos formuladores de políticas globais, que foi transferido de sua casa habitual em Davos, na Suíça, para Cingapura.

“Lamentavelmente, as circunstâncias trágicas que se desenrolam em todas as geografias, uma perspectiva de viagem incerta, diferentes velocidades de implementação da vacinação e a incerteza em torno de novas variantes se juntam, tornando impossível a realização de uma reunião global com líderes empresariais, governamentais e da sociedade civil de todo o mundo na escala em que foi planejada”, disse em comunicado.

A próxima reunião anual acontecerá no primeiro semestre de 2022. Sua localização e data serão determinadas com base em uma avaliação da situação no final do verão do hemisfério norte, segundo o comunicado.

“Foi uma decisão difícil, principalmente em vista do grande interesse de nossos parceiros em se reunir não apenas virtualmente, mas pessoalmente, e contribuir para um mundo mais resiliente, mais inclusivo e mais sustentável”, disse o professor Klaus Schwab, fundador e presidente executivo do Fórum Economia Mundial. “Mas, em última análise, a saúde e a segurança de todos os envolvidos é nossa maior prioridade”.

“Continuaremos a envolver nosso número crescente de parceiros em nossas inúmeras linhas de trabalho, abordando as questões-chave da agenda global por meio da cooperação público-privada”, conclui a declaração.

— —

Com informações da Reuters

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -