26.3 C
Manaus
segunda-feira, julho 15, 2024

Com ruas esburacadas, Prefeitura de Autazes vai gastar mais de R$ 3 milhões com placas de sinalização e de publicidade

O município pretende comprar 3,6 mil placas de sinalização e outros 150 painéis de publicidade para serem instalados pelas ruas esburacadas da cidade. Cada painel de publicidade vai custar R$ 3,6 mil, sem instalação

Por

Com ruas e avenidas sem condições de trafegabilidade, a Prefeitura de Autazes (a 112 quilômetros de Manaus) pretende gastar mais de R$ 3 milhões com placas de sinalização e painéis de publicidade. Conforme licitação homologada pela gestão do prefeito Andreson Cavalcante (PSC), Autazes pretende pagar pouco mais de meio milhão de reais com a compra de 150 front light em perfil de ferro, que são painéis de estrutura metálica usados, geralmente, para propaganda impressa. Cada painel vai custar aos cofres públicos R$ 3.650,00, sem instalação.

Pelos valores descritos no extrato da homologação do Pregão Presencial (PP) 19/2021, a Prefeitura de Autazes vai gastar R$ 3.209.500,00 para adquirir 3,6 mil placas no estilo de sinalização de pedestres, velocidade e sentidos da via, como direita e esquerda. As placas devem ser instaladas em ruas, estradas e vicinais do município.

O contrato milionário também cita a compra de mais de 1.350 mil ferramentas de sinalização, como kits de identificação para nomenclatura de ruas, placas aéreas para sinalização turística, placa de advertência para logradouros públicos e placa em aço inoxidável para inauguração.

Sendo os dois últimos itens citados não utilizados, especificamente, para a sinalização de trânsito como descreve o trecho do documento de homologação.

Ruas esburacadas – A licitação milionária causou estranhamento e indignação em alguns moradores da cidade, sobretudo, porque grande parte das ruas não possui sequer pavimento asfaltado e muitas vias estão sem condições para o tráfego.

Para o empresário do ramo de telecomunicações, Danielson Montana, é um absurdo a liberação dos recursos para sinalizar uma cidade com ruas cheias de buracos. “As ruas estão péssimas. Tem uns dois anos que arrumaram algumas, mas foi dinheiro jogado fora. Na época foram gastos milhões com um asfalto de péssima qualidade. Hoje a situação está ainda pior na maioria dos bairros da cidade. Praticamente 100% das ruas estão sem condições”, afirmou.

A opinião é compartilhada pela comerciante Leila Oliveira. Conforme ela, sinalizar as ruas é importante desde que elas tenham condições de trafegabilidade. “As ruas estão esburacadas. Sempre vem verba para arrumar e nunca vejo fazerem nada. Nesse momento acho melhor asfaltar as ruas, porque tem bairro aqui na nossa cidade que está abandonado, o prefeito abandonou. São valores muito altos para serem gastos sem prioridades”, reclamou.

Confira imagens na galeria:

 

Justificativa – O contrato para a aquisição de eventual serviço de sinalização vertical e horizontal das ruas e avenidas do município são para, conforme extrato de licitação, “atender as necessidades da Secretaria Municipal de Infraestrutura, através do Departamento competente viabilizando uma melhor estruturação do complexo viário da área urbana do Município”, explica o trecho da publicação. O contrato tem validade de um ano.

Sobre a compra O Convergente entrou em contato com a prefeitura da cidade através do e-mail institucional do órgão e da página oficial no Facebook, porém não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

— — 

Por Izabel Guedes

Fotos: Divulgação / Ilustração : Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -