25.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

“Se eu estiver certo, quero que ela peça desculpas!”, diz Sassá após ser chamado de ‘oportunista’ por pré-candidata a prefeita

O debate entre eles ocorreu após uma denúncia do vereador ao afirmar que os trabalhadores da empresária e pré-candidata estariam com salários atrasados

Por

Na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Sassá (PT) denunciou o descaso com operários que trabalham na reconstrução do Tropical Hotel, obra a qual é gerenciada pela pré-candidata a prefeita Maria do Carmo Seffair (Novo). Após a denúncia, a pré-candidata rebateu as falas do vereador e o chamou de ‘oportunista’. Nessa segunda-feira (8), o parlamentar comentou sobre o assunto.

“Tenho respeito pelas mulheres, mas acho que ela estava mal informada do que foi passado para ela. Mostrei o que está acontecendo lá dentro, não foi eu, foi o próprio trabalhador que filmou e mandou para mim”, disse Sassá à imprensa após o fim da sessão plenária.

De acordo com a denúncia de Sassá, os trabalhadores da obra relataram desvio de função, alimentação de má qualidade, além de atrasos no pagamento. Na tribuna, o vereador convocou Maria do Carmo Seffair para ir até o local com ele e constatar os fatos.

“Fiz um convite na tribuna para a grande gestora ir comigo lá na obra junto com os trabalhadores e ouvir eles para ver o que está acontecendo”, comentou.

O vereador ainda destacou que, caso ele tenha errado em apresentar a denúncia, pedirá desculpas à ela, mas caso esteja certo, ela é quem deve se desculpar.

“Se eu não tiver falando a verdade, eu vou lá na rede social e peço desculpas para ela. Mas, se eu estiver certo, quero que ela peça desculpas sobre o que ela falou”, afirmou.

Maria do Carmo rebate

Depois da repercussão da fala do vereador sobre a denúncia dos trabalhadores, a pré-candidata a prefeita compartilhou registros em que Sassá comparece à obra para verificar a denúncia dos trabalhadores.

Na publicação, ela chamou o vereador de oportunista e afirmou que o mesmo foi até o local para ‘fazer palanque de quinta categoria’.

“Oportunista que é, chegou para fazer palanque de quinta categoria na porta da minha empresa a bordo de carros de luxo, uma SW4, que nem sequer está no seu nome e, provavelmente, está sendo paga por nós, cidadãos, pelos trabalhadores que diz defender”, disparou.

Ainda na publicação, a pré-candidata afirmou que consegue provar o pagamento dos trabalhadores da obra e cobrou o vereador sobre as ações dele na Câmara Municipal de Manaus.

“Ninguém engana mais ninguém e estou trabalhando para diminuir, cada vez mais, o número de políticos que se aproveitam da miséria alheia para enriquecer. Venha pra rua prestar conta do que fez nesses quatro anos”, finalizou.

Leia mais: Vereadores aliados a David Almeida rejeitam pedido de atualização de informações no Portal da Transparência

____

Por Camila Duarte

Ilustração: Marcus Reis

Revisão: Letícia Barbosa

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -