31.3 C
Manaus
sexta-feira, julho 12, 2024

Deputado Amom Mandel concorre em quatro categorias do Prêmio Congresso em Foco

No ano passado, Mandel ficou em primeiro lugar entre os deputados da bancada do Amazonas

Por

O deputado federal Amom Mandel (Cidadania-AM) disputa, mais uma vez, o Prêmio Congresso em Foco, uma das mais tradicionais e relevantes premiações do parlamento brasileiro. Em 2023, ainda em seu primeiro ano de mandato, Mandel recebeu a maior votação do público entre os parlamentares do Amazonas. Para 2024, a votação popular está aberta na internet e acontecerá até o dia 31 de julho.

Amom concorre, nesse ano, na categoria “Melhores na Câmara”, definida por voto popular, e em outras três: Apoio à Indústria, oferecida pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI); Clima e Sustentabilidade, apoiada pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS); e Cidades Inteligentes, concedida pelo Ibrachina. Esses últimos três grupos são decididos por um júri especializado e um grupo de 25 jornalistas que realizam a cobertura diária no Congresso Nacional.

Na votação da internet, serão premiados 25 deputados e 15 senadores, assim como os cinco parlamentares mais votados em cada região do Brasil. Na última edição, o parlamentar ficou em sexto lugar entre os deputados federais mais votados de toda a região Norte. “Participar mais uma vez dessa disputa já é um reconhecimento do trabalho que temos feito nos últimos anos. O resultado dessa votação está diretamente ligado à satisfação da população amazonense com as nossas propostas, nossas iniciativas, com tudo o que estamos fazendo no Congresso Nacional”, declarou Amom.

Dois anos de mandato

Amom acumula algumas conquistas na Câmara dos Deputados. Em quase dois anos dentro da Casa, o parlamentar conseguiu levar à sanção presidencial o Projeto de Lei (PL) que obriga os estados e municípios brasileiros a realizarem um levantamento anual e a divulgar a demanda local por vagas em creches. Isso contribui para a transparência nas matrículas, distribuição de vagas, mapeamento estratégico para a construção de novas unidades que atendam crianças entre zero a três anos de idade e, consequentemente, melhor distribuição do orçamento público.

No tema do meio ambiente, Mandel contribuiu para endurecer o código penal em um projeto que pune funcionários públicos que se negam a autuar crimes ambientais. Para omissões ocorridas dentro do espaço da Amazônia Legal ou em invasões de terras públicas nesta região, a pena será duplicada.

Após tornar público o seu diagnóstico de autismo, no final do ano passado, Amom priorizou a movimentação de projetos que tenham como objetivo garantir qualidade de vida e o cumprimento dos direitos das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Ele é autor, por exemplo, do PL que altera a lei sobre planos e seguros de saúde para tornar obrigatória a oferta de cobertura para diagnóstico precoce, avaliação multidisciplinar, tratamentos e remédios para o TEA. Essa medida assegura o usuário em diversas situações, inclusive se houver quebra de contrato por parte das empresas. Essa é uma forma de evitar discriminação por parte das operadoras.

Além das matérias destacadas, Amom é autor de mais de 100 PLs dentro do parlamento, somados os dois anos de exercício do mandato. Além disso, possui o maior número de requerimentos de informação da bancada do Amazonas. O deputado mais jovem do Estado também foi reconhecido pela sua alta produtividade e como o mais econômico da Câmara dos Deputados.

Prêmio Congresso em Foco

Fundado pelo jornalista Sylvio Costa, o Prêmio Congresso em Foco tem como objetivo incentivar a população a acompanhar a atuação dos parlamentares, além de reconhecer quem são os representantes mais atuantes.

Além de Amom, todos os parlamentares estão aptos a participar da premiação do Congresso em 2024 desde que se enquadrem nas seguintes regras: tenham exercido o mandato nesse ano por no mínimo 60 dias, não respondam a processos de improbidade administrativa ou a acusações criminais perante o Judiciário, não tenham feito, por meio de atos ou declarações, apologia à tortura, à violência ou outras práticas em flagrante confronto com o Estado Democrático de Direito e o respeito aos direitos humanos.

Para maior rigorosidade, os votos passarão por uma auditoria interna e todo o processo de apuração receberá o acompanhamento da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), entidade que reúne os peritos da Polícia Federal.

*Com informações da assessoria

Leia mais: Justiça Eleitoral obriga Amom Mandel a excluir vídeos contra David Almeida

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -