26.3 C
Manaus
quinta-feira, maio 30, 2024

Após quase 3 semanas de adiamento, definição de membros da CPI da Semcom deve ocorrer nesta segunda-feira

A reunião de líderes dos partidos da CMM para a definição da CPI já foi adiada por duas vezes

Por

A escolha da presidência, vice-presidência, relatoria e membros titulares e substitutos da CPI do ‘Caixa 2’, conhecida também como CPI da Semcom, deve ser definida nesta segunda-feira (6). Depois de uma semana de folga, os vereadores de Manaus retornaram ao plenário nesta segunda-feira e, ao final da sessão, a Mesa Diretora foi cobrada para a realização da reunião de líderes.

A CPI do ‘Caixa 2’ foi instaurada após a polêmica de suposta entrega de propina no prédio da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom). A instauração ocorreu após o requerimento, de autoria do vereador William Alemão (Cidadania), obter 14 assinaturas.

Apesar de ser instaurada, ainda não houve a definição da presidência e vice-presidência, bem como quem deve ser o relator da CPI. A reunião de líderes dos partidos já foi adiada por duas vezes.

“Solicito a vossa excelência marque a reunião dos líderes, porque já estamos há 3 semanas depois de lida do requerimento da CPI, para que possamos discutir entre os líderes quem ficará com presidência, vice-presidência e membros da CPI”, cobrou o vereador William Alemão.

Em resposta ao vereador, o presidente da CMM Caio André afirmou que a reunião deve ocorrer nesta segunda-feira e convocou os líderes dos partidos a comparecer.

“Antes de encerrar nossa reunião ordinária, convoco os senhores vereadores para a reunião de líderes após a nossa sessão, na sala da presidência, para que possamos tratar exatamentr sobre a CPI e outros assuntos”, informou.

Entenda

O vídeo que circulou nas redes sociais e ganhou repercussão nacional mostra um homem chegando no prédio da Semcom e recebendo um envelope de uma servidora. Ao entrar em um local com menor circulação de pessoas, ele abre o envelope e mostra uma quantia em dinheiro.

No dia 20 de março, o secretário municipal de comunicação Israel Conte prestou esclarecimento aos vereadores sobre o vídeo de uma suposta entrega de propina dentro do prédio da Semcom. De acordo com ele, após o conteúdo passar por uma perícia técnica, foi constatado que as imagens foram manipuladas.

De acordo com o laudo, no vídeo existem diversas lacunas, o que evidencia a manipulação. “Com base nas análises técnicas pericias detalhadas acima, há de se mencionar, que, O VÍDEO PERICIANDO APRESENTA UM CLARO TRABALHO DE MANIPULAÇÃO AUDIOVISUAL, visto que apresenta edições em pontos muito específicos, quebras de sequência de imagem e som, interrupções nos planos de imagem, bem como interrupções abruptas de áudio, fato verificado a partir da curvatura das ondas sonoras”, diz um trecho do laudo.

Leia mais: Show da Madonna vira assunto na Câmara Municipal de Manaus: “agressão à família brasileira”

___

Por Camila Duarte

Ilustração: Marcus Reis

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -