28.3 C
Manaus
sexta-feira, maio 24, 2024

Ex-deputado federal do Pará é preso por violência política e crimes eleitorais

De acordo com o inquérito da PF, o ex-deputado fez xingamentos contra uma parlamentar, além de espalhar faixas pelas ruas e contratar um carro de som para proferir palavrões contra a deputada

Por

O ex-deputado federal pelo Pará Wladimir Costa (SD) foi preso pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto Internacional de Belém, nesta quinta-feira (18). O político foi preso por violência política, conforme informações da PF.

De acordo com as autoridades, os agentes federais abordaram o político no aeroporto, ao realizar o desembarque do voo na capital paraense. Ele foi encaminhado ao sistema prisional do estado.

A prisão preventiva realizada pela Polícia Federal foi deferida em razão da prática reiterada, entre outros, dos crimes eleitorais de violência política praticados contra a deputada federal Renilce Nicodemos (MDB-PA) nas redes sociais.

O Tribunal Regional Eleitoral também ordenou a exclusão das postagens em redes sociais que motivaram o mandado de prisão.

À imprensa, a deputada Renilce Nicodemos agradeceu ao trabalho feito pela Polícia Federal. “Há seis meses que venho sendo vítima de toda sorte de crimes por parte do cidadão acima mencionado, motivo pelo qual decidimos por não ir ao campo do debate público e defender o direito à minha intimidade no Poder Judiciário”, disse.

Até o momento, o ex-deputado ou a defesa dele não se pronunciaram sobre o caso.

*Com informações da PF e da CNN

Leia mais: Com apoio de Wilson Lima, Roberto Cidade cresce em intenções de voto e fica em empate técnico com Alberto Neto

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -