27.3 C
Manaus
quinta-feira, maio 30, 2024

David Almeida inaugura mirante com homenagem familiar; Obra custou mais de R$ 68 milhões

O valor da obra foi alvo de críticas nas redes sociais da prefeitura

Por

Dentre as obras da cidade que levam o nome de familiares, o Prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), inaugura nesta quinta-feira (4), no Centro Histórico de Manaus, o mirante Lúcia Almeida. O novo espaço, localizado na zona Sul da capital e que recebe o nome da falecida esposa do prefeito, teve um investimento de mais de R$ 68 milhões de reais aos cofres públicos.

De acordo com a Prefeitura de Manaus, o espaço conta com área gastronômica, área de lazer e vista para o Rio Negro, além de contar com projeto arquitetônico do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb). O custo inicial previsto para a última entrega foi estimado em R$ 45,8 milhões, porém, foi necessário um aumento de quase 50%, resultando em um total de R$ 68,7 milhões.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por O Convergente (@o.convergente)

A inauguração, prevista para começar às 18h, com entrada pela Avenida Sete de Setembro, contará com shows de artistas locais e nacionais. Quem abre o show é o levantador de toadas do Garantido, David Assayag. Para atrair o público, o prefeito contratou uma atração nacional, a cantora Vanessa da Mata, para apresentação da turnê de seu novo álbum “Vem Doce”.

O valor da obra foi alvo de crítica nas redes sociais da prefeitura. Um dos seguidores comentou: “Muita verba jogada fora”. Em outro comentário, outro usuário do Instagram mencionou que “na seca será outro elefante branco, ou será mesmo que as pessoas vão visitá-lo para ver lodo e lixo que é como fica o local nessa época, restaurar o Porto e os Pontos Turísticos desativados do Centro seria mais assertivo!”

Direito de resposta

Procurada pela equipe de reportagem, a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) não respondeu aos questionamentos enviados por e-mail. A redação deixa espaço aberto para o envio de nota.

Veja também:

A empresária e ativista da causa feminina, Luiza Brunet, foi uma das convidadas de honra do evento, e parabenizou o Tribunal pela iniciativa em melhorar o ambiente de trabalho.

“A violência de gênero é um pilar destrutivo, não somente no ambiente de trabalho, mas também na política e em lugares de poder. Não é uma briga entre homens e mulheres, é um lugar de respeito. Poucas mulheres denunciam porque elas têm vergonha ao não serem acolhidas, e uma Ouvidoria da Mulher é muito importante para fazê-la sentir o acolhimento, a privacidade para falar dentro do trabalho”, destacou a ativista Luiza Brunet.

Foto: Fabrício Aguiar

Leia mais: Em homenagem a mulheres ilustres, TCE-AM lança Ouvidoria da Mulher

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -