26.3 C
Manaus
sexta-feira, abril 12, 2024

Para pressionar governo federal, servidores da Suframa realizam ato para cobrar reestruturação da carreira

O ato ocorre após inúmeras tentativas de negociação com o governo, conforme explicou o Sindframa

Por

Os servidores da Suframa vão se reunir e realizar uma manifestação, nesta quarta-feira (3) na sede da Suframa, para cobrar o governo federal pela valorização e reestruturação da carreira. O ato ocorre após inúmeras tentativas de negociação com o governo, conforme explicou o Sindicato dos Servidores da Suframa (Sindframa).

De acordo com o Sindframa, a manifestação organizada será para pressionar o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), uma vez que o Sindicato tentou por diversas maneiras negociar com o governo federal.

Entre as negociações, foi feito envio de ofícios ao Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), onde pedia a instalação da Mesa Setorial e Específica. Além disso, também foi entregue uma carta ao vice-presidente e ministro do MDIC, Geraldo Alckmin, ressaltando a urgência da reestruturação da carreira da Suframa.

Ao O Convergente, o Sindframa detalhou alguns pontos que constavam nas solicitações que, de acordo com o órgão, têm sido feitas desde julho de 2023:

I – Reestruturação da carreira da Suframa, contemplando os seguintes aspectos:
II – Equiparação da remuneração da carreira da Suframa com as outras instituições do governo federal que possuem poder de regulação similar;
III – Extensão da Gratificação de Qualificação (GQ) para todos os servidores da
Suframa (Nível superior e Intermediário), tal qual ocorre nas outras duas autarquias do MDIC, Inmetro e INPI;
IV – Equiparação da progressão da Suframa à progressão das outras autarquias do
MDIC, Inmetro e INPI;
V – Realização de concursos públicos.

O Sindframa ainda alega que houve apoio e exortação aos parlamentares ligados à bancada da Amazônia Ocidental e do Estado do Amapá, bem como encontros com setores produtivos beneficiados pela política econômica da Zona Franca de Manaus.

Ao responder o questionamento do O Convergente, o Sindicato afirmou que buscaram os parlamentares para que os mesmos soubessem da urgência da valorização da carreira dos servidores da Suframa. O Sindicato ainda ressaltou a atuação da bancada federal na defesa da Zona Franca de Manaus.

“Tivemos encontro com parlamentares da bancada federal dos estados que compõem a área de abrangência da Suframa solicitando apoio e intermediação junto ao Poder Executivo para reestruturação e valorização da carreira da Suframa, além de autorização de concurso público. Enfatizamos aos parlamentares que embora, com muito êxito, tenham conseguido a manutenção da Zona Franca de Manaus na última reforma tributária, é preciso que seja acompanhada do fortalecimento institucional da Suframa, com valorização e manutenção do seu corpo de servidores”, disse.

No comunicado de manifestação, o Sindframa ainda pontua a falta de concurso autorizado pelo governo federal. “É preocupante notar que a Suframa é a única autarquia ligada ao MDIC que não teve concurso autorizado pelo MGI, o que agrava a situação dos servidores e dificulta a reposição de pessoal”, afirmou.

Leia mais: Alckmin presta socorro a homem que passou mal durante coletiva na Suframa

___

Por Camila Duarte

Ilustração: Marcus Reis

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -