27.3 C
Manaus
quarta-feira, maio 22, 2024

Recurso de cassação de Silas Câmara será julgado pelo TRE-AM na terça (19)

O processo foi retirado de pauta na última sexta-feira (8) pelo juiz e relator Pedro Araújo Ribeiro, após o Ministério Público Eleitoral ter contestado os argumentos das partes

Por

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) vai julgar na próxima terça-feira (19) os recursos de embargos de declaração apresentados pela defesa do deputado Silas Câmara (Republicanos) e pela direção nacional da sigla. Silas foi cassado por captação e uso indevido de verba pública no pleito eleitoral de 2022. Desta vez, o Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu à Corte a rejeição dos recursos do acórdão do parlamentar.

A Representação Especial (12630) Nº 0602548-60.2022.6.04.0000, ou seja, os “embargos de declaração”, foi retirado de pauta na última sexta-feira (8) pelo juiz e relator Pedro Araújo Ribeiro, após o Ministério Público Eleitoral ter contestado os argumentos das partes do processo.

A pauta do julgamento está marcada para a próxima sessão, na terça-feira (19), foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico, nesta quarta-feira (13). Conforme comunicado da Secretaria Judiciária, a “pauta de julgamento elaborada nos termos do Regimento Interno, para julgamento do processo abaixo relacionado a partir da próxima sessão, respeitado o prazo legal contado desta publicação”.

Cassação, TREAM, Recurso, Silas Câmara,

Rafael da Silva Rocha, procurador regional eleitoral, declarou que tanto o partido quanto o deputado buscaram revisar o caso “sem identificar lacunas, inconsistências ou ambiguidades”. “É importante ressaltar que o acórdão analisou minuciosamente o assunto”, acrescentou o procurador.

Durante a sessão de 31 de janeiro, também devido aos gastos com fretamento de aeronaves que ultrapassaram R$ 396 mil, onde o deputado foi destituído, a maioria dos juízes do TRE-AM considerou que não havia divergências nos gastos da campanha devido ao transporte aéreo de “pessoas não listadas em relatórios de viagens ou sem vínculos com a campanha”, exceto o irmão, Dan Câmara, que concorria ao cargo de deputado estadual.

Ilustração: Marcus Reis

Leia mais: “Não poderíamos ficar de fora do pleito”, disse Roberto Cidade, que toma posse do UB Manaus no sábado (16)

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -