26.3 C
Manaus
quinta-feira, fevereiro 29, 2024

Em reunião privada, Javier Milei se encontra com Papa Francisco no Vaticano e pede desculpas por xingamento

Nas últimas semanas, Milei, que busca fortalecer o apoio de sua base católica conservadora, adotou um tom mais conciliador

Por

O presidente argentino, Javier Milei, realizou uma visita ao Vaticano na segunda-feira (12 de fevereiro de 2024) para se encontrar com o papa Francisco. Durante a visita, Milei ofereceu doces e outros presentes ao pontífice como um gesto de reconciliação após críticas feitas durante a campanha presidencial.

No encontro privado entre Milei e o papa, o presidente argentino presenteou Francisco com alfajores e biscoitos argentinos, expressando desculpas pelas críticas anteriores, incluindo chamá-lo de “imbecil que defende a justiça social”. Nas últimas semanas, Milei, que busca fortalecer o apoio de sua base católica conservadora, adotou um tom mais conciliador.

A reunião ocorreu em meio à pior crise econômica enfrentada pela Argentina em décadas, com uma inflação superior a 200%. Milei enfrenta desafios no Congresso após a rejeição parlamentar da Lei ‘Ómnibus’. Durante as discussões, o presidente abordou o programa do novo governo argentino para enfrentar a crise econômica em conversas separadas com o cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano.

Antes da reunião, ao ser questionado sobre insultos anteriores, o chefe do escritório de doutrina do Vaticano afirmou que o papa nutre carinho por todos, sugerindo que não há animosidade. Francisco considerou os comentários anteriores como uma estratégia de campanha, mostrando compreensão mesmo que não concorde com certas tendências políticas.

Milei presenteou o papa com alfajores e biscoitos de uma marca argentina que ele aprecia. No domingo, após uma missa de canonização, os dois tiveram uma conversa casual, destacando um momento de descontração, inclusive com comentários sobre o corte de cabelo de Milei. O presidente argentino afirmou que o papa é “o argentino mais importante da história”.

Ilustração: Giulia Renata

Veja também:

Após uma semana conturbada com a Operação Tempus Vetitaris, da Polícia Federal (PF), que investiga uma suposta estratégia de permanência no cargo mesmo após a derrota nas eleições frente a Lula (PT), em 2022, O ex-presidente Jair Bolsonaro se recolheu e foi visto no reduto dos bolsonaristas em Agra dos Reis, interior do Rio de Janeiro, no último sábado (10).

Leia mais: Após operação da PF, Bolsonaro participa oração com apoiadores no Rio; VÍDEO

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -