34.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Bolsonaro é rotulado por Lula como ‘Ignorante’, ‘aloprado’ e ‘maluco’ no RJ

Em Belford Roxo (RJ), nesta terça-feira (6), Lula retomou suas críticas a Jair Bolsonaro, declarando que seu antecessor carecia de conhecimento, limitando-se a proferir disparates ao discutir os investimentos do governo anterior

Por

Em Belford Roxo (RJ), nesta terça-feira (6), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) retomou suas críticas ao ex-presidente Jair Bolsonaro, rotulando-o como ‘ignorante’, ‘aloprado’ e ‘maluco’. Lula afirmou que seu antecessor ‘não tinha conhecimento, exceto para proferir disparates’, ao discutir investimentos do governo anterior.

Vale ressaltar que, no segundo turno da eleição de 2022, Bolsonaro superou o adversário petistas em 20 pontos percentuais na cidade da Baixada Fluminense.

“O maluco que governou este País (Jair Bolsonaro) era um aloprado. Ele não entendia nada, a não ser de falar bobagem. A não ser de pregar o ódio e prender os outros. O cara deixou morrer 700 mil pessoas nesse País dizendo que a covid era uma gripezinha. Um cara ignorante como ele jamais deveria chegar a Presidência da República”, disse.

Nos últimos dias, Lula tem feito afagos a aliados de Bolsonaro. Na semana passada, o presidente disse ao governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) que ele terá do governo federal “o que for necessário”. “Vim anunciar ao Tarcísio que estamos juntos”, disse em evento em Santos (SP). Nesta terça, em cerimônia pela manhã em Magé (RJ), fez acenos ao governador do Rio, Cláudio Castro (PL), que retribuiu: “as eleições acabaram”.

Recentemente Lula expressou apoio a aliados do ex-presidente brasileiro. Durante um evento em Santos (SP) na semana passada, assegurou ao governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) que terá total suporte do governo federal, declarando sua solidariedade. Em cerimônia em Magé (RJ) nesta terça-feira, Lula fez gestos amigáveis ao governador do Rio, Cláudio Castro (PL), que respondeu afirmando que as eleições já ficaram para trás.

Republicanos), um dos poucos aliados na região durante a campanha de 2022. Após um ano e quatro meses do comício que formalizou a aliança entre eles, a relação tem sido caracterizada por ‘trocas’ e demonstrações de lealdade entre o chefe do Executivo e o político da Baixada Fluminense.

Waguinho adotou uma estratégia ao apoiar o petista nas eleições presidenciais de 2022, visando reduzir a influência de Jair Bolsonaro na Baixada Fluminense. Embora sejam evangélicos, Waguinho e sua esposa, a ex-ministra do Turismo Daniela Carneiro, lideram a sexta maior cidade do Estado desde 2017 e cogitaram formalizar um apoio ao clã Bolsonaro.

“Waguinho não teve medo dos negacionistas, não teve medo dos malucos e resolveu me apoiar em 2022. Eu não me esqueço nunca aquela noite, trazido pelo André Ceciliano (secretário de Relações Federativas do governo federal). Tive a oportunidade de conhecer você e a Daniela. Amor a primeira vista existe. E foi o que aconteceu na minha relação e da Janja com você e a Dani. Você é motivo de orgulho para a Baixada Fluminense”, afirmou Lula, durante cerimônia de anúncio de investimentos em um hospital oncológico e a construção da sede do Instituto Federal em Belford Roxo na tarde desta terça-feira.

Em retribuição ao apoio na campanha, Waguinho participou da equipe de transição do governo federal após as eleições, e Daniela Carneiro tornou-se ministra por escolha direta do presidente. Contudo, desentendimentos com o partido da deputada, o União Brasil, juntamente com controvérsias envolvendo o casal e alegações de ligações com milicianos, resultaram na exoneração de Daniela do ministério em julho do ano passado.

Waguinho adotou um tom religioso em seu discurso, destacando que “Deus poderosamente está sobre a vida de Lula”. Elogiou a sensibilidade humana e o bom coração do ex-presidente, enfatizando sua preocupação com todos os cidadãos brasileiros. Lula, por sua vez, agradeceu ao prefeito por nomear uma creche em homenagem ao seu neto falecido, Arthur Araújo Lula da Silva, e visitou a creche junto com seus aliados. O evento proporcionou um momento de conexão pessoal entre os políticos.

Em uma atmosfera de reverência, o discurso de Waguinho ressaltou a qualidade humana de Lula, enquanto a nomeação da creche reforçou os laços emocionais entre o ex-presidente e o prefeito, proporcionando um momento de conexão pessoal durante o evento.

Ilustração: Giulia Renata

Leia mais: Retorno de Dirceu aprovado por Lula causa tensão nas correntes internas do PT

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -