27.3 C
Manaus
quinta-feira, abril 18, 2024

Acre é o último colocado do Brasil em ranking que indica bem-estar da população

Dados divulgados nesta quarta-feira mostram desequilíbrio social no estado

Por

O Acre ganhou um “título” vergonhoso nesta quarta-feira (23), ao aparecer em último ligar no Ranking de Competitividade dos Estados, pesquisa elaborada pelo Centro de Liderança Pública (CLP).

Os dados revelam que o Governo do Acre, comandado por Gladson Cameli, é incapaz de promover o bem-estar da população, e nem é capaz de atrair investimentos.

Leia mais: Sinésio acusa Marina de favorecer o Acre, chama a ministra de irresponsável e balança o PT

Ao todo, são 99 indicadores no Ranking de Competitividade dos Estados: os critérios do ESG (sigla em inglês que significa ambiental, social e governança) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU) são usados na métrica.

Potencial de mercado, segurança pública, sustentabilidade social, educação e eficiência da máquina pública estão em baixa no Acre, de acordo com os critérios abaixo:

• Eficiência da máquina – que analisa equilíbrio de gênero no emprego público estadual; qualidade da informação contábil e fiscal;
• Infraestrutura – custo de saneamento básico, qualidade do serviço de telecomunicações;
• Sustentabilidade social – trabalho infantil e mortalidade materna.

Diante disso, nossa equipe de reportagem pediu ao Governo do Acre uma resposta para o ranking, mas, até o fechamento da matéria, não obteve retorno.

📲 Receba no seu WhatsApp notícias sobre a política no Amazonas.

 

Por: Elton Rodrigues 

Revisão textual: Vanessa Santos 

 

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -