29.3 C
Manaus
terça-feira, abril 23, 2024

Prefeito de Rio Branco nega reajuste e confronta servidores da Educação na Justiça

Prefeito diz que não tem como pagar mais para os servidores

Por

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, comunicou oficialmente, nesta quinta-feira (10), que não vai aumentar os salários dos servidores da educação e que entrará na Justiça para acabar com a greve.

Em uma nova manifestação no centro de Rio Branco, ontem, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre – SINTEAC -, Rosana Nascimento, anunciou que vai prestar queixa contra o político, a quem acusa de jogar a população contra o movimento.

“O prefeito mente ao dizer que a categoria recebeu 80% de reajuste. Pare de ameaçar os grevistas! Pare de incitar a população contra os trabalhadores, não seja irresponsável. Qualquer coisa que venha acontecer contra qualquer profissional aqui é responsabilidade sua! O senhor brinca com a vida dos gestores, é abusivo o seu comportamento!”, afirmou Rosana em cima de um trio elétrico.

A Prefeitura quer obrigar os servidores de apoio da Secretaria Municipal de Educação (Seme) a voltarem ao trabalho. O pedido de reajuste é de 14,95%.

Os salários são, para nível fundamental, de R$ 1,5 mil e nível médio, R$1,6 mil, no início da carreira. O secretário de Gestão Administrativa e Tecnologia da Informação, Jonathan Santiago, disse que não haverá aumento.

“Não fechamos as portas para seguir negociando, mas, qualquer negociação e implementação para 2024. Oferecemos uma contrapartida de criar uma gratificação de contraturno para regulamentar uma situação que acontece com servidores que, eventualmente, são convidados pela direção de escola a trabalharem outro turno e não têm a devida remuneração”, explicou.

Já são 20 escolas de ensino infantil, incluindo as creches, sem aulas.

Por: Redação

Revisão textual: Vanessa Santos

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -