25.3 C
Manaus
terça-feira, maio 28, 2024

Caio André engrossa críticas contra fala preconceituosa do governador Romeu Zema, de Minas Gerais

Zema afirmou que setor produtivo é muito mais dinâmico nos sete estados que integram regiões sul e sudeste do Brasil e foi duramente criticado pelo presidente da CMM

Por

Na manhã desta terça-feira (06/06), a Sessão Plenária da Câmara Municipal de Manaus (CMM) foi marcada pela fala do presidente da Casa Legislativa, vereador Caio André (PSC), que foi incisivo em criticar o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) e defender o Amazonas, durante o Grande Expediente.

Na última sexta-feira (02/06), Zema afirmou que nas regiões Sul e Sudeste “há uma proporção muito maior de pessoas trabalhando do que vivendo de auxílio emergencial”, e que há um “setor produtivo muito mais dinâmico” nos sete estados que integram as duas regiões.

Caio André afirmou que esse tipo de pensamento, além de ser retrógrado, é também preconceituoso, repudiando a fala do líder de Estado e ressaltando que Manaus e o Amazonas tanto geram emprego e renda, quanto preservam a floresta.

“Eu repudio veementemente, e acredito que todos os vereadores desta Casa também devem me acompanhar, não só a questão da fala preconceituosa exaurida pelo governador de Minas Gerais, mas toda a pseudo-superioridade que estes senhores acham que têm em relação a nós, nortistas e nordestinos”, destacou Caio André.

De acordo com o presidente da CMM, os ataques sofridos pela Zona Franca de Manaus (ZFM) deixam cada dia mais latente que não ocorrem apenas pela questão dos benefícios tributários do modal econômico, haja vista que, de acordo com o parlamentar, apenas duas empresas com base no estado de Minas Gerais têm uma isenção de impostos superior a toda isenção das mais de 500 empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM).

Para o parlamentar, o fato demonstra que esses ataques apenas tentam manter o poderio que os governantes do sul e sudeste do Brasil defendem, durante décadas.

Caio André defendeu um fortalecimento do pacto federativo para que todas as regiões do país se desenvolvam ainda mais, e que o estado do Amazonas possa sair do isolamento geográfico. De acordo com o vereador, o modelo Zona Franca é salutar para o desenvolvimento do país e que pensamentos como o de Zema são um atraso para o desenvolvimento do Brasil.

“É impossível imaginar e aceitar que o mundo inteiro queira salvar a floresta Amazônica e o Brasil quer acabar com o maior modelo de desenvolvimento regional sustentável do mundo que é o modelo Zona Franca de Manaus. Isso é simplesmente incabível”, destacou Caio André, que também usou as redes sociais para defender a ZFM e o povo do Amazonas.

As críticas de Caio André também foram reproduzidas nas redes sociais do parlamentar. “Quero acreditar que o desconhecimento da realidade vivida por quem mora no norte e nordeste, por parte do governador de MG, o fez tecer esses comentários preconceituosos”, afirmou o presidente da CMM, em post no Twitter.

“Esse é mais um claro ataque ao modelo Zona Franca de Manaus, tão perseguido por quem não conhece a luta diária de um povo, que por anos tem sido esquecido e isolado quase que 100% do restante do país”, concluiu o parlamentar.

Leia mais: Câmara dos Deputados está insatisfeita com Ministro da Casa Civil

Por informações da Assessoria

Foto: Diego Caja – Dicom/CMM

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -