27.3 C
Manaus
domingo, junho 23, 2024

‘Movimento Maio Amarelo’ é lançado pelo Governo do Amazonas

Movimento vai realizar ações educativas e de conscientização nas escolas, empresas e vias públicas para a redução de acidentes de trânsito

Por

Com o tema “No trânsito, escolha a vida”, o Governo do Amazonas, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), realizou, nesa sexta-feira 5/5, a abertura do “Movimento Maio Amarelo 2023”, com foco em ações educativas e de conscientização nas escolas, empresas e vias públicas, tanto na capital quanto no interior do Estado, para a redução de acidentes de trânsito.

A solenidade ocorreu no Salão Solimões, anexo do Palácio Rio Negro, localizado na Avenida Sete de Setembro, bairro Centro, zona sul de Manaus. Criado em 2014 pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (Onsv), uma instituição social sem fins lucrativos, após a Organização das Nações Unidas (ONU) lançar, em 2011, a Década de Ações para Segurança no Trânsito, a campanha Movimento Maio Amarelo comemora, em 2023, 10 anos de atenção e preservação pela vida.

A iniciativa busca, anualmente, unir todos os entes ligados direta e indiretamente ao tema envolvendo trânsito e transporte, como os Detrans, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os Institutos Municipais de Trânsito, entres outras entidades, com o intuito de conscientizar e alertar a sociedade sobre a importância da segurança viária, tendo como principal objetivo salvar vidas no trânsito.

“O Maio Amarelo traz à tona o protagonismo do trânsito. É um momento de reflexão, de chamamento à população e à sociedade civil, de um modo geral, sobre a questão dos altos índices de acidentes e mortes no trânsito, que deve ser protagonista não só no mês de maio, mas no ano inteiro porque a gente quer que a população tenha essa consciência e apoie o Poder Público com relação às ações das ruas e fiscalização”, o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá Barbosa, que também representou o governador Wilson Lima na solenidade.

Ainda na abertura do Maio Amarelo, foi lançado o Núcleo de Atendimento às Vítimas de Acidente de Trânsito (Navat) do Detran-AM. O objetivo é orientar e dar suporte com serviços para as pessoas que sofrem com as consequências de acidentes no trânsito, bem como as vítimas e os familiares.

Localizado na sede da Detran-Am, o núcleo irá ofertar serviços na área social, jurídica e de assistência ao Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

“Somos mais um estado a ter esse tipo de atividade, que tem o objetivo de ajudar aquelas pessoas que são vitimadas com trânsito e seus familiares, sobretudo, na liberação de DPVAT, e no apoio psicossocial e jurídico, através de parcerias que o Detran Amazonas vai firmar. Esse é o pioneirismo do nosso órgão com apoio do governador Wilson Lima”, disse Rodrigo de Sá Barbosa.

Ações 

A equipe de Educação para o Trânsito do Detran Amazonas realizará, ao longo do mês, 33 ações com o intuito de conscientizar condutores e pedestres sobre a importância de se respeitar as leis de trânsito e, assim, diminuir os índices de acidentes de trânsito com vítimas fatais e lesionadas.

Durante o Maio Amarelo, o Detran Amazonas vai oferecer palestras de conscientização em empresas e universidades; levará teatro de fantoches para as escolas de educação infantil e realizar abordagens educativas com distribuição de materiais em toda a capital.

Fiscalização

Além de ações educativas, o Detran-AM tem intensificado as fiscalizações de trânsito com foco na “Lei Seca”. Somente no ano passado, foram 1.686 motoristas autuados por estarem dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica ou se recusarem a ser feito o teste do bafômetro.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os condutores sob efeito de bebida alcoólica passam a dirigir com sua capacidade psicomotora alterada, pondo em risco a vida, integridade e meio ambiente. A penalidade de multa no valor de R$ 2. 934,70 e ocorre a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Estiveram presentes no evento, o secretário estadual de Saúde (SES-AM), Anoar Samad, a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Tatyana Amorim, o Comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Comandante Coronel Orleilson Muniz; Comandante Geral da Polícia Militar do Amazonas, Coronel Marcus Vinicius; Superintendente Regional da Polícia Rodoviária Federal do Amazonas (PRF), Benjamim Affonso.

Leia mais: Wilson Lima reúne 35 prefeitos do interior e grupo reforça alinhamento político

 

 

Da Redação com informações da assessoria de imprensa

Foto: Arthur Castro / Secom

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -