26.3 C
Manaus
sexta-feira, maio 17, 2024

Em Roraima, governo de Denarium vai gastar mais de R$ 1 milhão apenas para reformar quadra de uma escola

Contratação, feita por meio de procedimento licitatório, ocorreu após diversas denúncias de obras paralisadas em escolas do Estado. A obra, que tem o prazo de 180 dias, será feita na quadra esportiva da Escola Estadual Monteiro Lobato, Centro de Boa Vista

Por

O governador de Roraima, Antonio Denarium (PP), reeleito no primeiro turno as eleições, contratou uma empresa para fazer a ampliação de uma quadra esportiva de uma escola da rede estadual. A obra, que deve durar 180 dias, vai custar aos cofres públicos mais de R$ 1 milhão.

O valor considerado “exorbitante” para tal fim é referente ao resultado final de um processo licitatório no valor total de R$ 1.262.701,62 (um milhão duzentos e sessenta e dois mil setecentos e um reais e sessenta e dois centavos).

O resultado, atestando a empresa Construtora Royal LTDA como vencedora do certame foi publicado no Diário Oficial do Estado de Roraima (DOE-RR) na edição no dia 13 de setembro. O documento foi assinado pela presidente da Comissão Setorial de Licitações da Secretaria de Estado da Infraestrutura – SEINF, Nayrana Rosely de Melo N. Figueira.

Confira o documento:

A empresa possui sede na capital de Roraima e tem como proprietário o empresário Rafael Delmiro Rodrigues Timbo. Pelo contrato a mesma terá o prazo de 180 dias para a execução dos serviços de ampliação da quadra esportiva da Escola Estadual Monteiro Lobato, situação do Centro de Boa Vista.

Abandono – A licitação ocorre após diversas denúncias de obras paralisadas em escolas do Estado.

Algumas dessas escolas, inclusive, fizeram com que o Tribunal Regional Eleitoral Roraima (TRE-RR) modificasse alguns locais de votações dos eleitores do estado.

A mudança, conforme informou o órgão eleitoral para alguns veículos de comunicação no mês passado, teria ocorrido porque em alguns pontos não havia condições de abrigar as seções nas Eleições Gerais de 2022.

“Em razão de reformas em alguns prédios públicos e também porque algumas escolas não têm condições de abrigar as seções nas Eleições Gerais de 2022, houve mudança de endereço em 56 locais de votação distribuídos em dez municípios em seis zonas eleitorais do Estado”, disse o órgão em publicação feita no site oficial da instituição.

Confira:

— —

Da Redação

Foto: Divulgação

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -