26.3 C
Manaus
sexta-feira, maio 17, 2024

‘Quem não comparece a um debate não vai dar certo em lugar nenhum’, diz Arthur Neto ao criticar ausência de Omar Aziz em debate de senadores

Crítica foi feita pelo candidato ao Senado Arthur Neto, durante o debate de senadores promovido pela TV Norte Amazonas, na manhã desta quinta-feira, 1º/9. Dos candidatos pelo Amazonas, apenas o senador Omar Aziz não compareceu ao debate

Por

“Eu queria ressaltar que lamento muito a ausência do candidato Omar Aziz. Eu imagino que ele possa ter renunciado ao mandato. Porque quem não comparece a um debate não vai dar certo em lugar nenhum”, disse o candidato ao Senado, Arthur Neto (PSDB), ao criticar a ausência do senador e também candidato Omar Aziz (PSD), no debate de senadores promovido pela TV Norte Amazonas, na manhã desta quinta-feira, 1º/9.

“Outra hipótese é alguma coisa ter acontecido. Essa ausência ela faz falta, porque eu tinha muita coisa para perguntar para ele. Ele deve muita explicação ao povo, e a hora de cobrar é agora. Aquela cadeira vazia, não deixa de ser uma vergonha”, completou Arthur.

A fala foi dita após Arthur Neto responder a réplica do candidato Coronel Menezes (PL), sobre suas propostas para a economia do Estado e sobre o funcionamento do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA). Na ocasião, Menezes, além de falar sobre o assunto, disse que a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa)  “era cabine de emprego”.

“Quando nós assumimos a superintendência da Suframa, a Suframa era um cabide de emprego. Onde até a esposa de um senador nomeava um chefe de setor sem nenhum vínculo com a instituição”, afirmou o candidato ao citar ainda que o órgão tem que ser tratado com reponsabilidade.

Sobre o CBA, o candidato disse o que o local estava abandonado. “Nós demos um destaque onde estava há 20 sem personalidade jurídica. O CBA gerará agora, com a tecnologia e conhecimento, tanto emprego quanto a Zona Franca. Temos que investir nas potencialidades nossas como o Turismo, onde toda a matéria prima está a nossa disposição”, destacou Menezes ao falar ainda sobre algumas propostas e os feitos realizados em relação ao CBA quando esteve à frente da Suframa.

Ainda em relação ao assunto, Arthur Neto alfinetou Menezes e disse que o local é hoje um elefante branco.

“O CBA não rendeu até, agora, nada de prático para o Amazonas, virou um elefante branco. Nós temos que transformá-lo, porque o Brasil deveria ser uma super Costa Rica, que vive da sua biodiversidade, do turismo, inclusive o ecológico. E ela não tem o potencial que nós temos aqui no Amazonas para ir mais longe, mais longe do que todo mundo”, opinou Neto.

— —

Por Izabel Guedes

Fotos: Reprodução/ Ilustração: Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -