26.3 C
Manaus
quarta-feira, abril 24, 2024

Programa Jovem Senador tem representante do Amazonas em Brasília

A amazonense Esthefane Feitosa, estudante da Escola Estadual Professor Ruy Alencar, foi uma das escolhidas para integrar o grupo de 27 estudantes do Brasil no Programa. Em Brasília, a jovem e seu orientador, o professor de Língua Portuguesa Elianai Castro, participam de uma série de atividades até a próxima sexta-feira, 1º/7

Por

O Senado Federal promoveu, nesta segunda-feira, 27/6, sessão solene para a posse de 27 estudantes do Brasil, selecionados para o Programa Jovem Senador. A amazonense Esthefane Feitosa, estudante da Escola Estadual Professor Ruy Alencar, foi a representante do Amazonas na solenidade.

Ela, juntamente com outros estudantes, foram escolhidos por meio do programa que seleciona 27 alunos do Ensino Médio para passarem uma semana em Brasília, vivenciando no Senado o trabalho desenvolvido pelos senadores. A seleção dos estudantes é feita por meio de um concurso de redação, que neste ano teve como tema “200 Anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã”.

Os estudantes vencedores, um de cada estado e do Distrito Federal, e seus respectivos professores orientadores estão participando da Semana de Vivência Legislativa, que começou na segunda, 27/6, e vai até sexta-feira, 1º/7.

“Trata-se de um momento no qual jovens têm a experiência de vivência parlamentar por uma semana. Nesse período, eles de fato fazem o trabalho de um senador. Realizam propostas, votam e, em seguida, dependendo da importância do projeto, ele pode tramitar na casa”, explicou, o professor de Língua Portuguesa e orientador da estudante amazonense, Elianai Castro.

“Este programa tem o objetivo de fomentar a reflexão dos jovens estudantes quanto à política, democracia e o exercício da cidadania. Nesse sentido, proporciona o conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo brasileiro e estimula o relacionamento permanente do jovem cidadão com o Senado Federal”, completou o professor.

Jovem Senador – Criado em 2010, o Programa Jovem Senador ficou suspenso nos dois últimos anos por conta da pandemia do coronavírus.

Além dos debates, da apresentação e votação de proposições legislativas, os jovens estudantes vão participar de reuniões preparatórias. Na manhã de segunda-feira, 27, eles já participaram da cerimônia das bandeiras na rampa do Congresso Nacional e foram diplomados antes da sessão de posse.

Na sessão, os 27 estudantes elegeram os integrantes da Mesa Diretora do Jovem Senador 2022. O grupo terá como presidente a aluna Quéren Hapuque de Araújo Lima, do Amapá, e como vice-presidente, Gabriel Cezar Luiz Rigolin, do Paraná.

Ao longo desta semana, o grupo vai se reunir em comissões temáticas, debater e elaborar sugestões de projetos de lei. Também receberão medalhas, notebooks, farão visitas às dependências do Congresso Nacional, à Catedral e ao Palácio do Planalto, entre outras programações.

As propostas apresentadas e aprovadas pelos jovens senadores tramitarão no Senado a partir da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).

Confira algumas imagens:

— —

Da Redação com informações da Agência Senado

Fotos: Divulgação Sendo e arquivo pessoal

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -