32.3 C
Manaus
quinta-feira, junho 20, 2024

Ministério Público Federal pede que STF investigue se Bolsonaro interferiu na PF no caso de Milton Ribeiro

Na tarde dessa quinta-feira, 23/6, o ex-ministro Milton Ribeiro deixou o prédio da Polícia Federal em São Paulo, onde estava preso, após a cassação da prisão preventiva pelo desembargador Ney Bello

Por

O juiz Renato Borelli, da Justiça Federal em Brasília, decidiu pelo envio de investigação sobre possível interferência na Polícia Federal ao Supremo Tribunal Federal (STF), — no caso que envolve o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF), que suspeita que a operação Acesso Pago tenha sido vazada e pede que o presidente Jair Messias Bolsonaro (PL) seja investigado sobre possível interferência na PF.

Em seu pedido, o juiz federal da 15ª Vara Federal cita a possibilidade de interferência do presidente Jair Bolsonaro (PL) na Polícia Federal, sem citá-lo. No documento, o juiz afirma a “constatação do envolvimento de autoridades com prerrogativa de foro, inclusive a Presidência da República”.

O magistrado ainda destaca que “cabe apenas ao Supremo Tribunal Federal, e não a qualquer outro juízo, decidir sobre a cisão de investigações envolvendo autoridade com prerrogativa de foro na Corte”.

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -