27.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

PF prende 2º suspeito de participação em desaparecimento de jornalista e indigenista no Amazonas

A PF, que está à frente das forças de segurança na Operação Javari, ainda informou o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça nessa terça-feira, com a apreensão de "alguns cartuchos de arma de fogo e um remo, os quais serão objeto de análise"

Por

A Polícia Federal (PF) prendeu na noite dessa terça-feira, 14/6, mais um suspeito de possível envolvimento no desaparecimento do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Pereira, na região do Vale do Javari, no Oeste do Amazonas, desde o último domingo, 5/6. O detido é Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como “Dos Santos”, de 41 anos.

Oseney é o segundo suspeito de envolvimento no caso preso desde o início das buscas e de acordo com a PF, ele é irmão de Amarildo da Costa Pereira, o “Pelado”, detido na semana passada e preso após audiência de custódia, que determinou a prisão estendida por 30 dias. Amarildo nega envolvimento no desaparecimento. Segundo informações, Oseney teve a prisão temporária decretada e foi interrogado ainda na noite de ontem e seria levado para audiência de custódia na Justiça de Atalaia do Norte (AM).

A PF, que está à frente das forças de segurança na Operação Javari, ainda informou o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça nessa terça-feira, com a apreensão de “alguns cartuchos de arma de fogo e um remo, os quais serão objeto de análise”.

No último domingo, bombeiros envolvidos na operação encontraram uma série de pertences dos dois desaparecidos. Segundo a PF, os itens encontrados foram: um cartão de saúde, uma calça preta, um chinelo preto e um par de botas pertencentes a Bruno e um par de botas de Dom.

Encontro de material orgânico – Na sexta-feira, 10/6, a PF informou que equipes de busca encontraram material orgânico, “aparentemente humano”, em uma área próxima ao porto de Atalaia do Norte. Ainda não há informação se a amostra recolhida tem alguma relação com o desaparecimento de Dom Phillips e de Bruno Pereira.

O Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal está fazendo análise pericial do material recolhido, como também fará a perícia em vestígios de sangue encontrados na embarcação de Amarildo da Costa de Oliveira. A expectativa é que os resultados laboratoriais saiam ainda esta semana, informou a PF.

 

Da Redação com informações da Agência Brasil

Fotos: Divulgação

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -