27.3 C
Manaus
quinta-feira, abril 18, 2024

Em Manicoré, apenas com a limpeza de aparelhos de ar-condicionado, prefeito da cidade vai desembolsar mais de R$ 1,6 milhão

Conforme o documento disponibilizado no Diário Oficial da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), a Prefeitura de Manicoré não cita os órgãos municipais que irão se beneficiar com os serviços. Fora a Homologação, não há extrato ou qualquer outro tipo de documento que forneça mais informações sobre o prazo de vigência do contrato

Por

Em prol de “refrigerar” os ares de Manicoré, o prefeito Lúcio Flávio (PSD) pretende desembolsar mais de R$ 1,6 milhão na contratação de quatro empresas, sediadas no município, para prestarem serviços de limpeza em aparelhos de ar-condicionado. Contudo, seguindo a descrição feita no Despacho de Homologação e Adjudicação do Pregão Presencial nº 044/2022 – CPL/PMM, a Prefeitura não cita os órgãos municipais que irão se beneficiar com os serviços. Fora a Homologação, não há extrato ou qualquer outro tipo de documento que forneça mais informações sobre o prazo de vigência do contrato.

Ainda conforme o despacho do pregão, na licitação, a I. P. Peixoto e Cia Ltda, conhecida pelo nome fantasia “Peixoto & Silva Comércio e Serviços”, inscrita no CNPJ nº 40.309.351/0001-01, faturou o valor mais alto do contrato, somado em R$ 400.400,00. A empresa em questão tem como atividade principal o comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância em produtos alimentícios.

O segundo estabelecimento a obter bom lucro no procedimento licitatório foi a empresa G dos Santos Silva, inscrita no CNPJ nº 10.257.563/0001-13, que recebeu o total de R$ 421.600,00, tendo como atividade principal o comércio varejista de materiais de construção em geral.

A empresa Adila Oliveira Dias, que atende pelo nome “F & A Refrigeração”, inscrita no CNPJ nº 28.449.251/0001-77, da qual recebeu a quantia de R$ 402.400,00; e a empresa Adriano Costa da Silva, inscrita no CNPJ nº 37.054.605/0001-75, nome fantasia Costa Silva Refrigeração, sediada em Manicoré, faturou um montante estimado em R$ 416.050,00.

O documento foi assinado no dia 17 de março deste ano, pelo prefeito do município, e publicado somente no dia 25 de abril, no Diário Oficial da Associação Amazonense dos Municípios (AAM). Ao todo, o contrato com as quatro empresas somam o valor total de R$ 1.640.450,00.

Sem resposta – A equipe do Portal O Convergente tentou contato com a Prefeitura de Manicoré, por e-mail e telefone, para obter mais detalhes sobre a contratação dos serviços das empresas citadas na matéria, além de esclarecer quem seriam os destinatários agraciados pelos serviços em questão, bem como a vigência do contrato, mas não obteve resposta até o momento desta publicação.

—-

Por Narel Desiree
Capa: Marcus Reis

Fique ligado em nossas redes

spot_img

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -