25.3 C
Manaus
sábado, maio 25, 2024

Auditores da Receita já entregaram 1.288 cargos e baixas atingem delegacias de grandes contribuintes

De acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita (Sindifisco), cerca de 80 exonerações vão começar a ser publicadas nesta quarta-feira, 12/1, no Diário Oficial. Segundo o sindicato, ao todo 1.288 cargos já foram entregues em protesto aos cortes de verbas no Orçamento de 2022 para a Receita

Por

Nesta quarta-feira, 12/1, o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita (Sindifisco) informou que 1.288 cargos já foram entregues na Receita Federal, em protesto dos auditores contra o Governo Federal aos cortes de verbas no Orçamento de 2022 para a Receita e por conta da não regulamentação de um bônus para o setor.

As baixas atingem a Delegacia de Operações Especiais de Fiscalização da Receita Federal do Brasil (Deope), que fiscaliza operações transnacionais e planejamentos tributários de grandes empresas, e a Delegacia de Instituições Financeiras da Receita Federal do Brasil (Deinf), responsável pela fiscalização dos bancos.

De acordo com o Sindifisco, cerca de 80 exonerações vão começar a ser publicadas nesta quarta, no Diário Oficial. Há duas semanas, o presidente do sindicato, Kleber Cabral, disse que os delegados e superintendentes estavam “segurando” a publicação oficial da exoneração dos auditores pois não queriam “demonstrar que estavam perdendo o controle”.

Hoje, a nota do Sindifisco aponta que “os delegados da 8ª RF, do estado de São Paulo, irão publicar as exonerações dos chefes vinculados às suas respectivas unidades”. A estimativa, segundo o Sindifisco, é de saírem cerca de 80 exonerações dessa Região Fiscal.

“As 80 exonerações que ocorrerão hoje, em São Paulo, é o primeiro passo até atingirmos todos os pedidos pendentes. Caso não sejam efetivados, tomaremos providências judiciais para que todas as exonerações sejam publicadas no diário oficial”, afirmou Paulo Oshiro, um dos diretores do Sindifisco.

Além de atingir as delegacias que fiscalizam grandes contribuintes, o sindicato informou que houve uma adesão nos últimos dias nas unidades aduaneiras de Santos, Cumbica e Viracopos.

Segundo a entidade, haverá uma reunião entre os líderes do sindicato com o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quinta-feira, 13/1, para discutir a regulamentação do bônus de eficiência e os cortes efetuados no orçamento da Receita. A agenda do ministro ainda não foi divulgada.

—-

Da Redação com informações do Estadão

Foto:  Felipe Siqueira/Estadão

 

Fique ligado em nossas redes

Você também pode gostar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -